SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Centro Acadêmico de Medicina realiza trote solidário

Pipoca, brigadeiro, refrigerantes e responsabilidade social. Alunos da UnB fazem festa para crianças da %u201CFavelinha da Estrutural%u201D e doam material didático e mobiliário à entidade beneficente

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 24/02/2014 19:08 / atualizado em 24/02/2014 19:10

Agência UnB

Reprodução/Camed
Estudantes da UnB dispensaram a consagrada festa dos calouros para exercitar a cidadania. Dessa vez, o dinheiro do trote, arrecadado pelos calouros nas ruas e semáforos das proximidades da universidade, foi investido em benefícios para a Casa de Paternidade, localizada no bairro Santa Luzia da Cidade Estrutural. Uma festa também foi realizada na comunidade no último sábado (22). Ao menos 150 crianças, atendidas diariamente pela entidade, foram beneficiadas pela ação.

Os alunos da Medicina investiram toda a verba angariada, cerca de R$ 2 mil, em sete mesas e 28 cadeiras infantis, 9m² de tapete emborrachado para o berçário, armário executivo, quadro para pincel, e materiais didáticos. “Nem acreditávamos que o dinheiro dava para tanta coisa”, conta Ronny Thomas Onibene. O estudante do 3º semestre de Medicina foi um dos organizadores da atividade. “Mas a ideia não foi minha. Surgiu dos nossos veteranos do 6º semestre”, esclarece.

Os estudantes levaram a sugestão para uma assembleia, que decidiu entre a festa e o trote solidário. “A maioria optou pela solidariedade”, lembra Onibene. Os alunos contataram uma colega da turma que já realizava trabalho voluntariado na Estrutural e descobriram que a Casa de Paternidade estava fazendo uma campanha de arrecadação de material escolar. Os graduandos resolveram, então, comprar o mobiliário e o material didático.

Para completar a ação, os universitários também definiram um dia para realizar uma festa na comunidade. “Alugamos cama-elástica, compramos pipoca, refrigerantes e noventa presentes”, diz Ronny. Uma colega da turma colaborou com a doação de mais 60 brinquedos para serem distribuídos entre as crianças da comunidade. Outra contribuiu com cerca de R$ 100 na compra de ingredientes para o brigadeiro, feito pelos futuros médicos e saboreado pelas crianças.
Tags:

publicidade

publicidade