SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Grupo Galileo prorroga entrega de documentos a alunos da UniverCidade

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 28/02/2014 19:39

Agência Brasil

O Grupo Galileo Educacional, entidade mantenedora do Centro Universitário da Cidade (UniverCidade), descredenciado pelo Ministério da Educação (MEC) no começo do ano, prorrogou até o dia 10 de março o prazo para entregar os documentos necessários à transferência dos estudantes. Outra instituição de ensino superior da empresa que também foi descredenciada, a Universidade Gama Filho, sequer teve o calendário para a entrega divulgado.

Os postos das unidades Ipanema e Gonçalves Dias, no centro do Rio, que apresentaram longas filas esta semana, funcionarão nos dias 6, 7 e 10 de março, das 9h às 18h. De acordo com a nota do grupo, a decisão foi tomada “para não prejudicar os universitários que deixaram de ser atendidos”.

Segundo a nota, entre terça-feira e quinta-feira, foram atendidos cerca de 1.800 alunos do UniverCidade, restando ainda 4 mil estudantes para retirar os documentos. O Grupo Galileo informa que o trabalho segue normalmente hoje, com dez alunos voluntários prestando a assistência.

O MEC divulgou nota ontem esclarecendo que autorizou as universidades selecionadas para o processo de transferência assistida (Universidade Estácio de Sá, Universidade Veiga de Almeida e Faculdade de Tecnologia Senac Rio) a aceitarem a documentação pessoal para fazer a matrícula dos estudantes que estavam matriculados ou com matrícula trancada na data do descredenciamento das duas instituições da Galileo. O prazo fixado pelo Poder Judiciário para a entrega da documentação aos estudantes termina hoje.

O MEC informou também que vai determinar ao Galileo Educacional que entregue todo o acervo acadêmico da Universidade Gama Filho e do Centro Universitário da Cidade para as instituições selecionadas no chamamento público. “Estas instituições assumirão a responsabilidade pela guarda e emissão de documentos acadêmicos (históricos escolares, certificados de conclusão, segunda via de diplomas, dentre outros), inclusive dos alunos que já concluíram seus estudos”, diz a nota.
Tags:

publicidade

publicidade