SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Instituto de Biologia tem nova diretoria

Metas das gestoras vão de obras de melhoria no prédio que abriga cursos e laboratórios à agilização do processo de compras para pesquisas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 12/03/2014 14:49

Agência UnB

Em cerimônia realizada na tarde desta ultima terça-feira (11), as professoras Andréa Queiroz Maranhão e Eliana de Cássia Pinheiro tomaram posse nos cargos de diretora e vice-diretora, respectivamente, do Instituto de Ciências Biológicas (IB). O evento aconteceu no auditório I do IB e contou com a presença de estudantes, professores, autoridades e servidores.

Após a assinatura do termo de posse e da entrega de insígnias, foi a vez dos discursos. “Desejo paz e tranquilidade às colegas que vão lidar com uma ampla gama de situações. Dirigir o IB é uma oportunidade de conhecer a grandeza da universidade”, disse Jader Soares Marinho Filho, que esteve à frente do instituto nos últimos quatro anos e compôs a mesa de honra da solenidade.

Para a vice-reitora Sônia Nair Báo, também ex-diretora do IB, o dinamismo e a vontade de resolver os problemas junto com a habilidade para a conciliação, a conversa e a agregação é algo positivo. "Essas características estão presentes nesta gestão nas figuras da diretora e da vice”, observa.

Cinquentenário, o desafio do IB continua sendo a busca pela excelência no ensino e na pesquisa e a sua inserção no mundo. Andréa Maranhão faz uma lista de metas a serem atingidas nos próximos quatro anos. Obras no prédio que abriga os cursos e laboratórios e agilização no processo de compras de material estão entre os planos. “Sou otimista, a cada década nos superamos”, diz.

O IB oferece os cursos de Biologia e Genética a mais de mil estudantes de graduação e pós-graduação. Cinquenta dos 150 professores são bolsistas do CNPq. Nos últimos anos, foram criados quatro novos programas de pós-graduação no Instituto. Dois deles atingiram o nível 6 da Capes – o mais alto é 7 – e estão ligados a redes internacionais de pesquisa.
Tags:

publicidade

publicidade