SIGA O
Correio Braziliense

Audiência pública discute cotas para negros na UnB

Debate será subsidiado por relatório sobre os dez anos da implantação do sistema na universidade

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 19/03/2014 18:00 / atualizado em 19/03/2014 18:03

Agência UnB

Professores, técnico-administrativos e estudantes podem propor sugestões e discutir sobre os dez anos da política de ação afirmativa para ingresso na Universidade de Brasília em audiência pública que será realizada nesta sexta-feira (21), às 10h, no anfiteatro 9 (ICC Sul), campus Darcy Ribeiro.

O debate será auxiliado por um relatório elaborado por comissão designada pela reitoria. O documento traz dados como o rendimento acadêmico dos estudantes que ingressaram por cotas nas diversas áreas do conhecimento, número de cotistas já formados e quantitativo da população negra no Brasil, no Distrito Federal e na UnB.

Confira a íntegra do relatório Análise do Sistema de Cotas para Negros na Universidade de Brasília.

Do segundo semestre de 2004, quando o sistema foi adotado, até o primeiro semestre  de 2013, 64.683 candidatos se inscreveram no vestibular da UnB pelo sistema de cotas para negros.
Tags: