SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Universidades iranianas buscam intercâmbio com a UnB

País do Oriente Médio desenvolve tecnologia aeroespacial

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 01/04/2014 19:41

Agência UnB

Ana Rita Grilo/UnB Agência
Uma delegação iraniana visitou a Universidade de Brasília na manhã desta terça-feira (1º) com o objetivo de fortalecer o intercâmbio científico com universidades do Irã. Integrava o grupo o embaixador do país persa, Mohammad Ali Ghanezadeh, e o secretário do Conselho de Tecnologia e Ciência Cognitiva, Kamal Kharrazi.

Hoje há cerca de cem estudantes iranianos no Brasil, cinco deles na UnB. Cursam Engenharia, Turismo, Farmácia e Medicina. Ao agradecer o convite para visitar a Universidade de Teerã, o reitor Ivan Camargo declarou acreditar no programa de mobilidade estudantil como estratégia de fortalecimento mútuo dos países participantes.  "Vamos evoluir passo a passo nesse programa", afirmou.

O Irã é o único país do Oriente Médio e o único país muçulmano que desenha, desenvolve e lança foguetes espaciais. "Já temos experiências exitosas com envio de foguetes tripulados", declarou Ghanezadeh. O país também se destaca em pesquisas nas áreas de biotecnologia, energia, nanotecnologia espacial e ciências cognitivas. "Apesar das sanções econômicas impostas pelo ocidente ao país, os estrangeiros sempre tem uma surpresa positiva quando conhecem o Irã", disse o embaixador. "Provavelmente por causa da propaganda empregada pelos meios de comunicação de massa", completou.
Tags:

publicidade

publicidade