SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Alunos de inglês participam de final de concurso internacional de oratória

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 03/04/2014 15:59

Na tarde desta quinta-feira (3/4), acontece a final nacional da International Public Speaking Competition (IPSC), maior torneio de oratória em público do mundo. Nesta edição, o tema é Imagination is more important than knowledge, (A imaginação é mais importante que o conhecimento, em tradução livre), frase do físico teórico alemão, Albert Einstein. O vencedor desta competição representará o Brasil em Londres, onde concorrerá com os vencedores de outros países. A competição é organizada pela English-Speaking Union (ESU), com filiais no Reino Unido e em outros 50 países, tem como principal objetivo promover e valorizar a comunicação num escopo global e conscientizar as pessoas sobre o poder da palavra em oratórias. O estudante brasiliense Mateus Lucena, 17 anos, é um dos finalistas desta etapa nacional. Ele estuda inglês há 6 anos, e se sente preparado para a competição. "No início da competição, tive um pouco de dificuldade no processo de criação do discurso. Mas eu recebi muita ajuda dos professores, que me orientaram para que eu não fique tão nervoso", conta Mateus, que apesar de toda a preparação, se diz ansioso. A habilidade de falar com confiança em público precisa ser estimulada. É o que acredita o presidente da English Speaking Union no Brasil, e gerente da Cultura Inglesa da Asa Sul, Darci Alves. "Ter boa desenvoltura e segurança em oratória não é uma tarefa muito fácil. É preciso estar antenado com o que acontece no mundo e, principalmente, muita confiança no que está falando. E isso, em inglês, é duplamente difícil. Os jovens participantes da competição precisam de tudo isso para debater com os outros competidores", explica. O processo de seleção para a competição começa com os professores que apontam potenciais candidatos em turmas avançadas de inglês, com idades entre 16 a 20 anos. São eles os responsáveis pelo convite e por conscientizar os alunos sobre a importância de desenvolver a habilidade de falar em público. Os alunos então prepararam seus discursos, que não devem exceder cinco minutos de duração, e mostram aos seus professores. As escolas, neste caso uma filial da Cultura Inglesa, organizam uma etapa local da competição. São três etapas eliminatórias: a regional, onde um aluno vai ser escolhido para representar o estado; a nacional; e a mundial, onde um representante do Brasil segue para Londres para competir com participantes de todo o mundo. Com esta ação, a Cultura Inglesa espera despertar o gosto pela comunicação nos alunos, conscientizá-los da importância do poder de um discurso confiante e mostrar-lhes que falar inglês abrirá muitas portas. A escola acredita que, além das quatro habilidades para o aprendizado do inglês (ler, falar, escrever e ouvir), é necessário o desenvolvimento de uma quinta habilidade no ensino do idioma: a capacidade de usá-lo com desenvoltura, em diferentes situações, como jogos, apresentações, discussões, negociações e projetos, etc. A final nacional acontece na filial Asa Sul (SEPS 709/909, conj. B). Os finalistas, todos estudantes de filiais da Cultura Inglesa, representam Brasília, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.
Tags:

publicidade

publicidade