SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Oficial de Justiça pede reintegração de posse da Reitoria da UnB

Em impasse, reitor só assina carta de intenções se alunos deixarem o prédio. Estudantes, por sua vez, garantem que só vão sair depois da assinatura de Ivan Camargo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 10/06/2014 19:38 / atualizado em 11/06/2014 10:53

Iago Garcia/Esp. CB/D.A Press
Depois de se reunir na Faculdade de Tecnologia (FT) com o Conselho Diretor da Reitoria, o reitor da Universidade de Brasília (UnB), Ivan Camargo, se dirigiu ao prédio da reitoria. Ele e os estudantes que ocupam o local se encontram num impasse. O dirigente só aceita assinar a carta de intenções redigida pelo grupo de alunos, caso todos os manifestantes saiam do local. No momento, o prédio está sendo esvaziado, mas alguns estudantes se recusam a sair e se encontram na rampa de acesso ao prédio do térreo. Depois de se encontrar com os estudantes, Ivan Camargo dediciu voltar para a FT para esperar que o prédio seja totalmente desocupado.

Uma oficial de Justiça chegou ao local junto com uma viatura de Polícia. A oficial pediu que os alunos cumpram a ordem de reintegração e desocupem todo o espaço para evitar qualquer tipo de confronto. Os estudantes, por sua vez, reiteram que só deixarão as dependências da UnB quando o reitor assinar o documento. Eles fazem questão de ver o reitor assinando a carta.

A carta de intenções foi redigida durante a Assembleia Geral de Estudantes realizada nesta terça-feira (10/6) no Salão de Atos da Reitoria, quando cerca de 200 alunos estiveram presentes. O texto pede a extinção do processo movido contra oito estudantes que participaram do catracaço no Restaurante Universitário (RU) em 2013. O texto pede ainda que novas investigações sejam feitas sobre o catracaço e sobre os happy hours.
Tags:

publicidade

publicidade