SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Universidade de Moscou abre vagas de graduação e de pós para brasileiros

Candidatos podem se inscrever até sexta (8). Há mais de 120 opções de cursos em diversas áreas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 06/08/2014 15:20 / atualizado em 06/08/2014 15:51

Juliana Espanhol

A Universidade Estatal de Moscou (MSU), na Rússia, abriu inscrições para a seleção de 20 estudantes brasileiros que desejam cursar a faculdade fora do país. As vagas são para graduação e pós-graduação e as inscrições vão até sexta-feira, 8 de agosto. O embarque acontece em duas etapas: setembro de 2014 e fevereiro de 2015.

Entre os incentivos para os candidatos das vagas está a relação custo-benefício de ensino, com valores inferiores aos praticados no Brasil, e a oportunidade de estudar em uma das cem melhores universidades do mundo. Além disso, os interessados em iniciar a graduação poderão escolher um dos 128 cursos disponíveis nas 39 faculdades da MSU, enquanto alunos de pós-graduação terão a possibilidade de especializar-se em 18 ramos de ciências e humanidades, em 168 áreas diferentes.

Localizada na capital Moscou, a MSU é reconhecida por sua excelência no ensino acadêmico e investigação científica, além de ser considerada a melhor universidade do país. Em seus mais de 250 anos de história, a universidade teve 11 ganhadores do prêmio Nobel, entre professores e alunos. Do ponto de vista da engenharia, o câmpus da Universidade de Moscou é um sistema extremamente complexo, com área útil de um milhão de metros quadrados espalhados em mil edifícios. Além disso, a MSU conta com residências-dormitório que abrigam mais de 12 mil alunos e um total de 5 mil professores em seu quadro de educação.

Inscrições e idioma
O candidato interessado em estudar na Universidade Estatal de Moscou passa por um processo seletivo avaliado pela MSU e administrado pela Aliança Russa, que inclui reunião com os pais, análise de histórico escolar e currículo, tudo para garantir que o aluno se encaixe no perfil da faculdade.

Para ter acesso à instituição o estudante investe, aproximadamente, entre R$ 7 mil e R$ 12 mil por ano em despesas entre curso e moradia. O custo cobrado é simbólico devido à política de incentivo a estudantes estrangeiros adotada pelo governo russo. O investimento inclui também direito a seguro médico, tutoria acadêmica e moradia universitária.

O aluno que não tem conhecimento do idioma russo poderá frequentar uma faculdade preparatória por nove meses antes do período letivo. Lá, o aluno aprende a língua e os termos técnicos necessários para cada área. Os interessados devem se inscrever pelo site www.aliancarussa.com.br ou pelo telefone (11) 4551-3836.

Reconhecimento
Ao voltar para o Brasil, o estudante submete o diploma adquirido ao processo de reconhecimento em uma universidade brasileira, um procedimento padrão para qualquer brasileiro que faça graduação em centros de ensino estrangeiros. Desde 2010, o chamado Diploma Único de Estudos Superiores da Europa, do qual a Rússia faz parte, passou a valer conforme o Tratado de Bolonha. Seu objetivo é facilitar a mobilidade dos estudantes e profissionais do ensino superior da Europa.

Saiba mais
Aliança Russa de Ensino Superior
Edif. Prime Office Park
Rua Adib Auada, 35, Sala 113-B
Granja Vianna – Cotia / SP
CEP: 06710-700
Telefone: (11) 4551-3836
www.aliancarussa.com.br
Tags:

publicidade

publicidade