SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Redecom vai instalar área de pesquisa e desenvolvimento na UnB

Com investimento inicial de R$ 2 milhões nos dois primeiros anos, a empresa vai desenvolver soluções e aplicativos na área de cidades inteligentes no Parque Científico da Universidade de Brasília

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 01/12/2014 15:03

Redecom Tecnologia, empresa referência em soluções de inteligência urbana para cidades digitais, assinou contrato para participar do Parque Científico e Tecnológico da Universidade de Brasília (PCTec/UnB). Escolhida por meio de licitação, a companhia instalará no local sua área de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) em produtos e aplicativos para cidades inteligentes. O plano envolve a criação de tecnologia própria e nacional para uso em ambientes urbanos nas áreas de mobilidade inteligente, conveniência urbana, segurança do cidadão e sustentabilidade energética.

Os dois primeiros projetos serão na área de mobilidade e sustentabilidade: uma parada de ônibus inteligente integrada ao usuário e seu smartphone, além de um poste inteligente com diversos itens de interação e conectividade para ambientes de cidades digitais. Na fila, estão projetos de loja de aplicativos e aplicações móveis com georeferenciamento para uso em cidades. A nova área de P&D prevê investimentos na casa de R$ 2 milhões nos próximos dois anos.

Criado em 2013, o Parque tem o objetivo de fomentar o desenvolvimento de novas tecnologias por meio da parceria entre empresas, governo, professores e alunos da UnB. O CEO da Redecom, César Alcácio, se diz feliz em poder participar da iniciativa. De acordo com ele, trazer companhias de Tecnologia da Informação (TI) para dentro da universidade ajuda a estender a formação de profissionais que ingressam no mercado, além de criar um ambiente de pesquisa e inovação, necessários para o desenvolvimento de novos serviços e produtos com tecnologia nacional.

A participação da Redecom no PCTec marca a volta da empresa à UnB. Fundada em 2003, e hoje uma das principais referências no mercado brasileiro de infraestrutura de TI, a Redecom fez parte do programa de incubadora de empresas inovadoras do Centro de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico da Universidade de Brasília (CDT/UnB) em 2005. O caso de sucesso da empresa obteve grande destaque no mercado de Brasília, após sua estreia como empresa graduada - o que lhe rendeu a premiação de melhor companhia incubada no ano seguinte.

Tags:

publicidade

publicidade