Mercosul seleciona projetos de mobilidade acadêmica de alunos e servidores

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 05/12/2014 15:48

Portal MEC

Instituições de ensino superior públicas e privadas de países membros do Mercosul têm prazo até 4 de fevereiro de 2015 para apresentar projetos de mobilidade acadêmica entre os países membros e associados do bloco.

Os projetos deverão estar no âmbito do Programa de Mobilidade Acadêmica Regional em Cursos Acreditados (Marca) e ser destinados à mobilidade de alunos de graduação, docentes e servidores envolvidos no projeto. O programa engloba as áreas de veterinária, engenharia, medicina, arquitetura, enfermagem, agronomia e odontologia. As regras e o modelo dos projetos podem ser conferidos no edital de convocação na página do programa.

As instituições devem estar cadastradas no Sistema de Acreditação Regional de Cursos de Graduação (Arcu Sul). Cada projeto vai ser analisado pelo Ministério da Educação e a mobilidade vale para o segundo semestre de 2015 e para todo o ano de 2016.

Marca – O Programa de Mobilidade Acadêmica Regional em Cursos Acreditados (Marca) foi desenvolvido e implementado pelo Setor Educacional do Mercosul atendendo a duas prioridades do planejamento estratégico do setor: a melhoria da qualidade acadêmica, por meio de sistemas de avaliação e acreditação, e a mobilidade de estudantes, docentes e pesquisadores entre instituições e países.

Participam do programa cursos de graduação avaliados e aprovados pelo Sistema de Acreditação Regional de Cursos Universitários do Mercosul (Arcu-Sul) pertencentes a instituições dos quatro países membros (Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai e Venezuela) e dos países associados Bolívia e Chile. Estudantes desses cursos de graduação podem se candidatar a um intercâmbio de um semestre letivo em uma instituição de outro país.

Acesse a página do Marca, veja o edital e confira regras e modelo dos projetos.
Tags: