SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

FGV oferece bolsas para cursos de graduação

Instituição abre mais de 600 vagas nas unidades do Rio de Janeiro e de São Paulo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 20/08/2015 17:50

A Fundação Getulio Vargas (FGV) está com inscrições abertas para bolsas de estudos de graduação nos estados do Rio de Janeiro e de São Paulo. São oferecidas vagas para os cursos de direito, ciências sociais e história, administração e economia. Para concorrer, o aluno, além de fazer o vestibular da instituição ou o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), deve se adequar a pelo menos um de três critérios de seleção.

O primeiro caso se destina àqueles que alcançarem melhores classificações no vestibular. Há também vagas para os que possuem alto coeficiente de rendimento (alto rendimento no ensino médio?) e para aqueles que possuem dificuldades econômicas, mediante comprovação.

Após a aprovação, há, ainda a oportunidade de concorrer a uma modalidade de financiamento sem juros, por meio do Fundo de Bolsas, que permite aos alunos iniciar o pagamento do valor financiado após a formatura.

As taxas de inscrição custam R$ 150, e podem ser pagas mediante impressão e pagamento de boleto. Os exames ocorrerão em dias diferentes nos estados. Para os do Rio de Janeiro, as provas ocorrem em 18 outubro, para todos os cursos.

Em São Paulo, as provas de vestibular para o curso de direito serão aplicadas entre 1 e 2 de novembro (1ª fase) e durante 7 a 11 de novembro, que consiste em exame oral (2ª fase). Já para os interessados em cursar economia, a primeira fase do exame será aplicada em 22 de novembro. A segunda fase está prevista para 13 de dezembro. O curso de admistração de empresas e administração pública ocorrerá em 6 de dezembro.

Rio de Janeiro

São oferecidas 290 vagas para os estudantes no estado do Rio de Janeiro. Os alunos da rede pública do estado têm até 21 de setembro para solicitar a isenção da taxa de inscrição, mediante comprovação por documentos.

As inscrições via vestibular podem ser realizadas até 28 de setembro. As provas serão aplicadas em 18 de outubro, para alunos dos seguintes cursos, que oferecem diferentes critérios de concessão, que podem ser conferidos logo abaixo:

Administração – São oferecidas bolsas por mérito para os 10 primeiros colocados na classificação geral do vestibular. Os alunos que ocuparem do 1º ao 5º lugar ganharão bolsas integrais e os colocados do 6º ao 10º lugar terão direito a bolsas de 50%. Há, também, bolsas para alunos que cursaram todo o ensino médio em rede pública. Semestralmente, há ainda concessão de bolsas, integrais ou parciais, para os alunos com os melhores desempenhos acadêmicos.

Ciências sociais e história
– Os alunos que ocuparem os quatro primeiros lugares na lista do Enem ganharão bolsas, conforme os seguintes critérios: 1º e 2º lugar – 100%, 3º e 4º lugar – 90%. Também são oferecidas bolsas integrais para aqueles que ocuparem por mérito para os oito primeiros classificados no exame do vestibular da escola, conforme o critério a seguir: 1º e 2º lugar – 100%, 3º e 4º lugar – 90%, 5º e 6º lugar – 80%, 7º e 8º lugar – 70%. A instituição também concede bolsas de 70% do valor da mensalidade a alunos com coeficiente de rendimento igual ou acima de 9.

Matemática aplicada – bolsa de 100% para os oito primeiros colocados no vestibular da escola. Também são oferecidas duas bolsas de 100% para os dois primeiros colocados no Enem. Há ainda bolsas integrais para alunos com medalha de ouro em Olimpíadas Nacionais de Matemática e parciais para outros que tiverem bom desempenho.

Economia – bolsa de 100% para os 15 primeiros colocados na classificação geral do curso, escolhidos no exame do vestibular da escola. Bolsa de 100% para os cinco primeiros colocados na classificação do Enem, com média das notas das provas objetivas e da redação igual ou superior a 800. Há ainda bolsas parciais, concedidas ao longo do curso, de acordo com o coeficiente de rendimento e bolsas com requerimento específico de acordo com as condições socioeconômicas do aluno.

Direito – bolsa de 100%, por mérito, para os cinco primeiros colocados na classificação do Enem e para os 10 primeiros colocados na classificação geral do vestibular da escola.

São Paulo

Os alunos podem concorrer em até 370 vagas para diferentes cursos. A data para entrega da documentação necessária vai até 9 de outubro. As inscrições serão realizadas até 14 de outubro.

Os exames serão aplicados entre 1º de novembro e 13 de dezembro, de acordo com o calendário de cada escola, Os cursos selecionados e os critérios de concessão de bolsas de estudo podem ser conferidos logo abaixo:

Direito – Haverão 10 bolsas integrais e parciais para alunos com dificuldade econômica comprovada, de acordo com a trajetória pessoal e acadêmica. As bolsas por mérito são concedidas durante o primeiro ano de curso, para os três primeiros colocados no vestibular. Nos segundo, terceiro e quarto anos do curso são oferecidas bolsas de 100%, 70% e 30%, respectivamente, aos alunos com primeira, segunda e terceira maiores médias gerais no ano letivo anterior.

Economia – São oferecidas até cinco bolsas de 100%, por mérito, para os cinco primeiros colocados no exame vestibular. Há também cinco bolsas por mérito, do 6° ao 10° colocado, cujo percentual de isenção da mensalidade será definido, em cada caso.

Administração de empresas – Os 10 primeiros colocados no exame do vestibular ganharam bolsas de 90% a 60%. Também serão concedidas até quatro bolsas integrais para alunos que comprovarem dificuldade econômica.

Administração pública – Aqueles que obtiverem as cinco maiores notas no vestibular ganharão bolsas integrais. Também são oferecidas, no mínimo, cinco bolsas integrais para alunos com dificuldade econômica comprovada.


Os locais de realização das provas serão divulgados no site do vestibular. Para conferir os locais de realização das provas e o manual do candidato, clique aqui.

publicidade

publicidade