SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Presidente do TJSP suspende liminar que afastava vice-reitora da Unesp

Justiça havia determinado na semana passada que Marilza Vieira Cunha Rudge deixasse o cargo devido à idade. Permanência da vice-reitora teria amparo do MEC

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/10/2015 19:37 / atualizado em 26/10/2015 19:50

O presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, José Renato Nalini, deferiu nesta segunda-feira (26) o pedido da suspensão da liminar que determinava o afastamento da vice-reitora da Universidade Estadual Paulista, Unesp, Marilza Vieira Cunha Rudge.


Segundo Nalini, a decisão da Justiça em prol do afastamento causaria grave problema institucional no funcionamento da instituição de ensino. A determinação foi proferida na última segunda-feira (19) devido à idade de Marilza, que em agosto completou 70 anos, quando servidores devem se aposentar.

 

O presidente do TJSP diz ainda que há parecer do Ministério da Educação e despacho do governador Geraldo Alckmin que sustentam a permanência tanto do reitor quanto da vice-reitora, mesmo após aposentadoria compulsória, por serem cargos em comissão.

publicidade

publicidade