SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Educação

Pezão quer normalizar pagamento a terceirizados no início de dezembro

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 24/11/2015 12:39

Agência Brasil

O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, disse hoje (24) que pretende normalizar o pagamento de terceirizados e alunos residentes da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) na primeira semana de dezembro.

 

Ontem (23), a Uerj anunciou a suspensão das aulas, até o dia 30 de novembro, por considerar que a instituição "encontra-se em situação de insalubridade por conta da descontinuidade dos serviços terceirizados", que afetam funcionários de segurança e da limpeza dos campi.

 

Segundo o governador, a suspensão dos pagamentos foi tomada para garantir o salário dos servidores, aposentados e pensionistas do estado nos primeiros dias úteis de dezembro. "Depois, eu vou acertar [as dívidas], durante o mês", disse ao chegar para reunião no Comitê Olímpico, no centro do Rio.

 

Pezão confirmou um déficit de R$ 2,5 bilhões nas contas e disse que negocia com Brasília uma solução para cobrir os gastos. Outras medias passam por negociações com "grandes devedores" do estado, que ele preferiu não nomear. "Temos muito a receber na rua. Eu tô em uma operação grande de rearranjar financiamento para as empresas, para elas poderem acessar essas linhas e pagar o estado", disse o governador.

 

O reitor da UERJ, Ricardo Vieiralvez, antecipou que a volta às aulas está prevista para 1° de dezembro. Até lá, atividades acadêmicas de 28 mil estudantes e as internações não emergenciais no Hospital Universitário Pedro Hernesto estão suspensas. Os residentes também estão sem salários.

 

A previsão, segundo o governador, é que os representantes dos médicos residentes sejam recebidos ainda na tarde de hoje para discutir o assunto.

publicidade

publicidade