SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

MEC divulga dados do Censo da Educação Superior

Mais de 114 mil vagas não foram ocupadas no ensino superior. Além disso, três em cada quatro estudantes de graduação no Brasil estudam em instituições privadas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 04/12/2015 17:06 / atualizado em 07/12/2015 19:27

Paula Braga /Especial para o Correio

Isabelle Araújo/MEC
 

Mais de 114 mil vagas não foram ocupadas na rede de ensino superior federal em 2014. Os dados constam no Censo da Educação Superior 2014, divulgado pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante, em coletiva nesta sexta-feira (4). Segundo o Ministério da Educação (MEC), uma nova seleção será realizada no primeiro semestre do próximo ano para preencher as vagas remanescentes. Além disso, a partir do ano que vem, o repasse de recursos poderá ser proporcional ao número de vagas preenchidas.

 

No ano passado o país tinha 7.828.013 estudantes matriculados em 2.368 intituições de ensino superior 5.867.011 estavam na rede privada e 1.961.002 eram alunos da rede pública federal, estadual e municipal.

 

Confira os dados completos do Censo da Educação Superior 2014

 

Ainda no ano passado, foram oferecidas mais de 8 milhões de vagas pelas instituições de ensino superior brasileiras no último ano, sendo 78,5% de vagas novas e 90,2% em instituições privadas. A rede Federal ofereceu 343 mil novas vagas e 114 mil vagas remanescentes para ingresso em cursos de graduação. Em 2014, mais de 3,1 milhões de alunos ingressaram em cursos de educação superior de graduação 82,3% em instituições privadas — enquanto houve pouco mais de um milhão de alunos que concluíram a graduação. 

 

O número de municípios que possuem estudantes matriculados na rede federal saltou de 282, em 2003, para 792 em 2014 (um aumento de 18%). Entre 2013 a 2014, a matrícula na rede pública aumentou 1,5%. A rede federal cresceu 3,7% no mesmo período e já tem uma participação superior a 60% da rede pública.

publicidade

publicidade