SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Professor da UFMT concorre ao Global Teacher Prize

De 8 mil candidatos, ele está entre os 50 finalistas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 09/12/2015 13:49 / atualizado em 09/12/2015 15:27

Professor de engenharia de alimentos da Universidade Federal do Mato Grosso, Márcio Batista está entre os 50 finalistas - entre mais de 8 mil indicados de 148 países - para o que é considerado o prêmio Nobel da educação: o Global Teacher Prize. Os nomes dos 10 melhores educadores serão divulgados em fevereiro. O vencedor será anunciado durante a cerimônia de premiação no Fórum Global de Educação e Habilidades (FGEH) em março de 2016, em Dubai, e ganhará US$ 1 milhão.

Varkey Foundation
 

O prêmio tem por objetivo homenagear um professor - da educação básica à superior - que tenha contribuído com sua profissão e feito diferença na sociedade. A condecoração também ressalta a importância do papel desse profissional na sociedade, tornando conhecidos os trabalho de educadores.

Márcio Batista criou uma metodologia para aplicação de conceitos científicos e técnicos para o dia a dia dos alunos, incentivando-os a fazerem investigações científicas, questionando a maneira padrão de fazer as coisas e chegando a melhorias inovadoras que resolvem problemas locais de forma sustentável.

 

 

publicidade

publicidade