SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Portal revela conversas de militantes que promoveram ataque à UnB

Mensagens de incitação ao ódio são divulgadas na internet

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 23/06/2016 10:35 / atualizado em 23/06/2016 11:25


O portal de mídia independente Mídia Ninja divulgou nesta quarta-feira (22) conversas em áudio e textos que circulavam em um grupo privado do aplicativo WhatsApp, de supostos participantes do ataque violento que se passou na última sexta-feira (17) na Universidade de Brasília (UnB).

 

Imagem: Mídia Ninja
 

 

Nos diálogos, é possível ver os nomes de militantes de extrema-direita planejando e comemorando o ataque. Declarações como: “Geral tem que treinar artes marciais”, “Taquei pão com mortadela naqueles vadios”, “O melhor que saímos ameaçando que iremos voltar”, “Tem que levar taco de beisebol, soco inglês, bomba”, revelam o teor político e a incitação à violência.

 

Imagem: Mídia Ninja
 

 

Segundo a Secretaria de Comunicação (Secom/UnB), a identidade dos participantes do ataque ainda está sendo apurada pela Polícia Civil. Alunos e professores estão sendo ouvidos, e a segurança do câmpus Darcy Ribeiro foi reforçada, especialmente no Instituto Central de Ciências (ICC).

 

 

Imagem: Mídia Ninja

 

Entenda o caso

Um grupo de manifestantes invadiu o Minhocão, na noite de sexta-feira. Com roupas pretas e camisas da Seleção Brasileira, gritaram contra a ideia de greve de professores no segundo semestre e pela liberdade de expressão dentro na UnB. Segundo um dos integrantes, o protesto teve como objetivo “acabar com a doutrinação esquerdista nas universidades”. 

 

publicidade

publicidade