SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

CNE muda diretrizes curriculares para graduação em teologia

Decisão abrange grade curricular, estrutura da universidade e carga horária total do curso. As mudanças devem ser feitas para os ingressantes em até dois anos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 19/09/2016 16:22 / atualizado em 19/09/2016 19:04

O Conselho Nacional de Educação (CNE) institiu novas diretrizes curriculares nacionais para o curso de graduação em teologia. As Instituições de Ensino Superior (IES) deverão, em até dois anos, implementar em seu currículo aspectos como: objetivos gerais do curso contextualizado à sua inserção institucional, política, geográfica e social, modos de integração entre teoria e prática, e incentivo à pesquisa como componente necessário para prolongamento da atividade de ensino e como instrumento para a iniciação científica. O CNE também estabeleceu como carga horária mínima do curso 2.900 horas, sendo 2.500 horas para as atividades teórico e prático, incluindo trabalho de conclusão de curso, 200 para atividades complementares e 200 para estágio supervisionado.

A graduação deve formar profissionais que revelem a habilidade de atuar em consonância com os princípios éticos de ação para a cidadania, a considerar questões contemporâneas sobre temas ligados aos direitos humanos, meio ambiente, educação étnicoracial, educação indígena e sustentabilidade, e produzir conhecimento científico no campo da teologia e na área das ciências humanas. A formação também deverá ajudar o aluno a alcançar relevante conhecimento da respectiva tradição religiosa, interpretar narrativas e textos históricos em seu contexto, desenvolver espírito científico e pensamento reflexivo e desenvolver trabalhos em equipe e implementar projetos em organizações da sociedade.

Estágio e TCC


O estágio supervisionado deverá ser componente curricular obrigatório do curso, previsto em seu projeto pedagógico. A IES poderá desenvolver o estágio como atividade de experiência social, realizada interna ou externamente à faculdade, junto às comunidades religiosas, organizações nãogovernamentais, escolas, atendimento religioso e aconselhamento, comitês de ética e bioética, instituições de mediação, órgãos governamentais e outros.


O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) será realizado a partir do penúltimo ano de integralização do curso, centrado em determinada área teórico-prática ou de formação profissional, com carga horária mínima de 100 horas e pode versar sobre tema específico de teologia ou estudos do campo teológico, de modo mais amplo; ou trabalho específico de teologia aplicado a organizações religiosas, organizações do terceiro setor e afins, elaborado individualmente ou em grupo.


Espaço


As IES deverão criar e manter espaços catalisadores e organizadores das atividades práticas do curso, que deverão servir como elemento de integração entre as atividades de ensino, pesquisa e extensão. As faculdades deverão contar com espaços, equipamentos e softwares indispensáveis para a execução de diversas atividades voltadas à realização de pesquisas bibliográficas, entre outros itens.

 

Veja na íntegra as novas diretrizes

publicidade

publicidade