SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Recursos

MEC repassa R$ 212,18 milhões a programas e bolsas da Capes

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 07/11/2016 18:44 / atualizado em 07/11/2016 18:57

O Ministério da Educação liberou R$ 212,18 milhões para pagamentos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Esse valor, somado ao limite financeiro que se encontra em poder da Capes, no valor de R$ 86,4 milhões, totaliza uma aplicação de R$ 298,58 milhões. Esse total vai custear, somente neste mês de novembro, aproximadamente 130 mil bolsas em diversos programas de pós-graduação, além de garantir a realização de eventos e avaliações.

 

A maior parte desses recursos, R$ 176 milhões, será destinada ao pagamento de 83 mil bolsistas em diversas modalidades: mestrado, doutorado, pós-doutorado, professor visitante sênior, iniciação científica, além do programa Idioma sem Fronteiras. O MEC destinará ainda R$ 47 milhões ao pagamento de 73.309 bolsas do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid), 5.860 bolsistas do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor), 1,011 bolsistas do Observatório da Educação e 1,3 mil bolsistas ligados à Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep). Além disso, R$ 1,22 milhão serão destinados ao repasse de descentralizações às instituições participantes do Pibid e do Parfor.

 

Estão garantidos ainda R$ 22 milhões para os pagamentos a 17 mil bolsistas – incluindo mestrado profissional – e 61 instituições participantes da Universidade Aberta do Brasil (UAB). As bolsas e projetos relacionados ao programa Ciência sem Fronteiras terão disponíveis R$ 2,3 milhões. Para o custeio de programas tradicionais serão destinados R$ 4 milhões para pagamento a 1.830 bolsistas e 907 projetos desenvolvidos.

 

 Serão concedidos ainda R$ 31,5 milhões para atender o financiamento do Programa de Excelência Acadêmica (Proex) e do Programa de Apoio à Pós-Graduação (Proap), com vistas a proporcionar melhores condições para formação de recursos humanos de alto nível no país. Outros R$ 14,56 milhões custearão despesas com custeio e administração da Capes, apoio à realização de eventos científicos, projetos de pesquisa, capacitação de pessoal, entre outros. A liberação foi realizada em 3 de novembro.

 

Portal MEC

publicidade

publicidade