SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Sem corte e sem eleições no DCE

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 25/11/2016 12:02

A nova reitora, Márcia Abrahão, afirmou que respeitará os movimentos dos alunos e dos funcionários. Ela negou haver qualquer determinação para cortar o ponto dos grevistas. Em sua primeira fala como reitora, Márcia também disse não ter total conhecimento das contas da universidade por “problemas na transição”, mas recebeu garantias do ministro da Educação, Mendonça Filho, de que não existirá corte nos repasses à instituição. Durante o discurso de posse, um grupo de alunos entrou no auditório e manifestou-se contra o racismo. Pediu que a UnB se transformasse em um centro de convivência.

Outro processo influenciado pelo movimento estudantil foi a eleição para o Diretório Central dos Estudantes Honestino Guimarães. Membro da Comissão eleitoral, Patrique Lima explicou que os centros acadêmicos, por meio do Conselho de Entidades de Base (CEB), decidiu pelo adiamento do pleito para o primeiro semestre de 2017, tendo em vista que mais de 16 cursos estão com atividades paralisadas — o próprio câmpus de Planaltina se encontra parado.

“A decisão ocorreu no sentido de garantir a participação de todos os alunos. Em breve, será elaborado um novo calendário com as datas do processo”, detalhou Lima. Enquanto isso, a comissão eleitoral fica responsável pelo DCE, mas existe a possibilidade de conduzir uma gestão provisória.

publicidade

publicidade