SIGA O
Correio Braziliense

Faculdade de tecnologia é condenada a indenizar estudantes

Alunos não receberam o diploma porque o curso que a instuição oferece não é reconhecido pelo MEC

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 01/02/2017 17:12 / atualizado em 03/02/2017 12:31

A Faculdade de Tecnologia Equipe Darwin foi condenada a indenizar estudantes que não receberam o diploma do curso de tecnólogo em rede de computadores, em 2012. De acordo com a 1ª Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor (Prodecon), o curso não é reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). “A instituição de ensino deverá indenizar os estudantes pelos danos materiais sofridos por causa do atraso na entrega dos diplomas. O valor das indenizações de cada alunos ainda será definido pela justiça”, afirma o promotor de Justiça Paulo Roberto Binicheski da Prodecon.

 

Ainda segundo o promotor, a ação foi ajuizada depois de reclamações anônimas dos alunos à Prodecon. “A faculdade disse que por causa da burocracia do MEC, não foi possível o reconhecimento do curso. O ministério afirmou que não foi possível fazer o reconhecimento porque eles pediram fora do prazo”, comenta.

 

Binicheski aconselha que os estudantes que foram prejudicados procurem um advogado para serem orientados do que devem fazer.

Procurados pela reportagem, a Faculdade de Tecnologia Equipe Darwin  informou que está aguardando a definição dos valores que serão definidos pela justiça. Depois dessa decisão, o caso vai ser encaminhado para o setor jurídico da instituição para repassar o valores para cada aluno.


*Estagiária sob supervisão de Ana Sá