Educação superior

Idiomas sem Fronteiras será levado a evento internacional

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 06/02/2017 19:41

O Brasil está entre os 64 países convidados para encontro promovido pela principal associação mundial de professores de língua inglesa, o Teachers of English to Speakers of Other Languages (Tesol), de 9 a 10 de fevereiro próximo, em Atenas, Grécia. Entre os destaques do encontro estará uma apresentação sobre o programa Idiomas sem Fronteiras (IsF), do Ministério da Educação, considerado referência no cenário internacional.

 

Sobre o programa, falarão no encontro a presidente do núcleo gestor do IsF, Denise Abreu e Lima, e o vice, Waldenor Moraes Filho. O encontro em Atenas será uma oportunidade de inclusão nos debates das iniciativas do MEC na oferta de ensino de línguas estrangeiras, de conhecer outras formas de trabalho com idiomas desenvolvidas em outros países, pesquisas em andamento e recriação de competências dos profissionais como agentes de transformação.

 

O IsF foi desenvolvido há quatro anos pelo MEC para incentivar o aprendizado de idiomas em instituições federais de educação superior, contribuir na formação de professores e oferecer melhores oportunidades aos alunos. Mais de 100 mil estudantes já foram beneficiados pelo programa em cursos presenciais e mais de um milhão em cursos a distância. Estão em fase de formação cerca de 800 candidatos a professores de língua inglesa e outros 400 mil já passaram pelo exame Toefl–ITP [test of english as a foreign language – integral transformative practice].

 

“A proposta é estruturar uma política de internacionalização de nossas instituições de educação superior”, explicou Denise. Segundo ela, além dos cursos regulares de inglês, presenciais e a distância, o Idiomas sem Fronteira oferece, em experiência-piloto, aulas de alemão, italiano, francês, espanhol e japonês, em parceria com os governos dos países de origem. “Em breve, estaremos lançando novos editais para permitir também o cadastramento de universidades estaduais, municipais, comunitárias e da iniciativa privada”, disse. “Elas contarão com o nosso apoio na fase de implementação dos cursos.”

 

Ainda de acordo com a presidente do núcleo gestor do IsF, está em fase de planejamento a oferta de português como língua estrangeira para estudantes que vêm de fora.

 

O encontro de Atenas terá http://www.tesol.org/">transmissão ao vivo na página do Tesol na internet.

 

 

 

Portal MEC