Hélio José aponta precariedade de bibliotecas públicas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 15/02/2017 19:24

As bibliotecas públicas contam com estrutura precária, disse nesta quarta-feira (15) em Plenário o senador Hélio José (PMDB-DF). Ele apontou como exemplo o caso do Distrito Federal, onde mesmo as poucas bibliotecas que teriam "alguma estrutura", apresentam problemas sérios. Na Biblioteca Machado de Assis, em Taguatinga, e na da Universidade de Brasília (UnB), por exemplo, falta ar condicionado, disse o senador.

 

Chega-se a um ponto absurdo em que a causa fica parecendo ser a consequência. Brasilienses têm pouco hábito de leitura porque não há bibliotecas acessíveis. Não é verdade. Ou as bibliotecas são poucas porque o interesse dos cidadãos pela leitura é limitado. Nada disso é verdade. Precisamos é mudar essa situação.

 

Em relação ao acesso à internet, das 26 bibliotecas públicas de Brasília, somente quatro oferecem o serviço, segundo Hélio José. São elas as de Sobradinho, Ceilândia, Cruzeiro e Candangolândia. Helio José disse ser preciso expor o problema, por se tratar de uma “situação vergonhosa”.

 

Agência Senado