UnB anuncia medidas para melhorar segurança

Durante coletiva à imprensa, reitora também falou sobre a campanha institucional escolhida para celebrar o 55º aniversário da instituição

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 08/03/2017 18:33 / atualizado em 08/03/2017 18:46

Luis Gustavo Prado/Secom UnB

A Universidade de Brasília lançou a campanha UnB 55 – Ciência e Ousadia, que marca o aniversário de 55 anos da instituição, em abril próximo. Durante entrevista à imprensa, na tarde dessa terça-feira (7), a reitora Márcia Abrahão Moura elencou as principais atividades que serão realizadas ao longo do ano. As ações começam este mês, com foco em questões de gênero e na segurança dos campi. Márcia também fez um balanço dos primeiros cem dias de gestão e detalhou os esforços para o enfrentamento da crise hídrica na Universidade.

"Faremos, este ano, um resgate da proposta original dos fundadores da UnB, que pensavam em aliar o rigor da ciência à ousadia da arte", disse a reitora. O tema da campanha também guiou a aula inaugural #InspiraUnB, proferida pela professora da Faculdade de Direito (FD) Debora Diniz na tarde de terça-feira, como parte das boas-vindas aos calouros. Debora, eleita uma das cem pensadoras globais de 2016 pela revista Foreign Policy, é uma das principais porta-vozes da luta pelos direitos sexuais e reprodutivos das mulheres no Brasil.

Ainda este mês, a UnB vai realizar um seminário para discutir a segurança sob uma perspectiva de gênero. O evento, batizado de Segurança se faz em comunidade e com respeito à diversidade, será realizado nos dias 29 e 30, com participação de diversos especialistas. "Queremos que a compreensão sobre o assunto seja construída com o envolvimento de toda a comunidade acadêmica", explicou a decana de Extensão, Olgamir Amancia, também presente na coletiva.

SEGURANÇA

A reitora detalhou as medidas que estão sendo tomadas pela administração para melhorar a segurança na Universidade, em especial no campus Darcy Ribeiro. A Prefeitura do Campus começou a instalação de 90 postes de iluminação em locais sensíveis e também vem trabalhando para manter gramados e canteiros sem mato alto. Além disso, o prédio do ICC passou a ficar fechado à noite (das 23h às 7h). "Professores e alunos, ou mesmo a comunidade externa, que tenham alguma atividade no ICC poderão entrar, basta que se identifiquem aos vigilantes", esclareceu Márcia.

Durante a coletiva, a administração apresentou o aplicativo UnB Alerta, desenvolvido por estudantes do Departamento de Ciência da Computação. Com a ferramenta, a comunidade pode informar mais rapidamente a segurança sobre a ocorrência de incidentes no campus. "Para mim, é um orgulho poder anunciar que nossos estudantes são responsáveis por esse aplicativo, que pode nos ajudar a melhorar a sensação de segurança na instituição", destacou a reitora. A ferramenta está disponível para Android. Os demais usuários podem acessar o recurso pela web.

CRISE HÍDRICA

Sobre o enfrentamento da crise hídrica na UnB, a reitora afirmou que, como muitos dos prédios do campus Darcy Ribeiro são antigos, havia a preocupação de que o racionamento na Asa Norte afetasse o cotidiano da comunidade universitária. "Por enquanto, a nossa avaliação, embasada em estudo técnico realizado por especialistas da UnB, é de que o racionamento não prejudicará nossas atividades", disse Márcia.

Os próximos dias de racionamento caem no fim de semana, o que ajuda a reduzir o impacto da falta de água. "Contamos com a colaboração de todos que circulam pela UnB para nos informar sobre eventuais problemas e para que nos ajudem a fazer um uso mais racional da água", reforçou Márcia Abrahão.

ATENÇÃO

As informações, as fotos e os textos podem ser usados e reproduzidos, integral ou parcialmente, desde que a fonte seja devidamente citada e que não haja alteração de sentido em seus conteúdos. Crédito para textos: nome do repórter/Secom UnB ou Secom UnB. Crédito para fotos: nome do fotógrafo/Secom UnB.

 

UnB Notícias