SIGA O
Correio Braziliense

Ministério da Saúde libera R$ 4,2 milhões para o HUB

Recurso será usado, na maior parte, para custeio de serviços. Verba é do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 03/05/2017 21:18

O Ministério da Saúde publicou na edição do Diário Oficial da União de terça-feira (2/5) liberação de R$ 4,2 milhões para o Hospital Universitário de Brasília (HUB). O recurso deve ser descentralizado para o hospital nos próximos dias e faz parte do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf). Esse valor é a primeira parcela que o programa disponibiliza para o hospital neste ano.

 
O hospital usará aproximadamente R$ 3,2 milhões para custeio das atividades relacionadas a limpeza, alimentação, vigilância, manutenção predial, lavanderia e serviços administrativos, que na sua maioria são realizadas por empresas terceirizadas. O restante do recurso ajudará na compra de materiais e insumos nas áreas médica, hospitalar, de infraestrutura e administrativa.
 
Além do HUB, o Ministério da Saúde concede recurso financeiro para 48 hospitais universitários pelo país, totalizando um investimento de R$ 189 milhões.
 
Apoio a hospitais universitários

 
Criado em 2010, o Rehuf defende a reestruturação e revitalização dos hospitais universitários federais integrados ao Sistema Único de Saúde (SUS). É gerido pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) e financiado de forma compartilhada pelos ministérios da Educação e da Saúde. Desde 2013 o HUB recebe recursos do Rehuf, sendo que R$ 125,7 milhões foram usados para custear o funcionamento do hospital e R$ 20,9 milhões foram destinados a investimentos, como obras - como a Unidade Materno-Infantil e o Pronto-Socorro - e compra de equipamentos - cadeiras de rodas, monitores e respiradores, por exemplo.