Educação superior

Centro Universitário Brasileiro, no Recife, é credenciado

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 04/05/2017 20:31

 

O ministro da Educação, Mendonça Filho, participou nesta quinta-feira, 4, da solenidade de credenciamento do Centro Universitário Brasileiro (Unibra), no Recife. A instituição está em funcionamento desde 2008 – começou como Faculdade de Tecnologia, Gestão e Marketing (IBGM/IBS). Agora, com o credenciamento válido por cinco anos, terá mais autonomia para criar novos cursos.

 

De acordo com o ministro, a instituição desempenha um importante papel. “Marca a história, eu diria até do Brasil, em uma área extremamente difícil que é a área educacional, promovendo oportunidade e acesso à educação nos cursos tecnológicos, cursos de nível superior, o que traduz boa parte da sua trajetória de vitórias”, disse.

 

O Unibra começou as atividades com oferta de cursos superiores de tecnologia. Hoje, atua no ensino, na pesquisa e na extensão. A instituição oferta 24 cursos de graduação em regime semestral e na modalidade presencial; são cursos superiores de tecnologia, bacharelado e licenciatura. A pós-graduação, que já formou mais de 2 mil estudantes, tem foco na gestão pública e é voltada, especialmente, a delegados e servidores da área de segurança pública.

 

O centro universitário tem três campus, uma clínica de fisioterapia e outra de enfermagem. Para julho, está prevista a inauguração de um hospital veterinário vinculado à instituição. Atualmente, são cerca de 15 mil estudantes matriculados e um quadro de 350 docentes, entre professores, pesquisadores e tutores, além de 212 colaboradores.

 

 “A gente sabe que o objetivo principal é o de formar alunos para esse mercado brasileiro que tanto precisa de profissionais bem qualificados. Então, obrigado ao Ministério da Educação por acreditar que a gente pode fazer, sim, uma educação de qualidade”, disse o diretor-geral do Instituto Brasileiro de Gestão e Marketing (IBGM), Laércio Guerra. A diretora acadêmica do Unibra, Renata Maia, também comemora. “O momento de hoje significa uma conquista para todo o cenário educacional pernambucano. Além disso, representa um reflexo do nosso trabalho com seriedade, comprometimento e, acima de tudo, respeito pela educação”.

 

 

 

 

 

 

Portal MEC