UnB promove ação de combate à LGBTfobia no câmpus de Ceilândia

O evento será nesta quinta-feira (18/5), das 11h30 às 20h, na Faculdade de Ceilândia

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 17/05/2017 19:43 / atualizado em 17/05/2017 19:44

Com o propósito de fortalecer a luta pelo respeito à diversidade na comunidade universitária, a Diretoria da Diversidade da Universidade de Brasília (UnB) e o Decanato de Assuntos Comunitários (DIV/DAC) promoverão, com a Faculdade de Ceilândia (FCE), a ação Diversidade e Resistência na Universidade. Será nesta quinta-feira (18/5), das 11h30 às 20h, na FCE.


O evento ocorre em comemoração à data que marca o momento histórico em que a homossexualidade deixou de ser considerada doença pela Organização Mundial de Saúde (OMS), 17 de maio. Além do fortalecimento da luta, o intuito da ação é contribuir para o combate à LGBTfobia na Unb e na sociedade como todo.

Um ônibus sairá do câmpus Darcy Ribeiro, na Asa Norte, em direção à FCE, às 11h, e, após as atividades, retornará às 20h30. A partir das 12h30, ocorrerá a roda de conversas Desa-Bapho.

Das 13h às 16h, uma mesa redonda traz o debate sobre a Diversidade e Resistência na Universidade, no auditório da Universidade de Ensino e Docência (UED). Após a conversa, o intervalo será até as 16h30, quando começará a oficina Teatro do Oprimido, também no auditório. Das 18h30 às 20h, no Espaço de Circulação, estão programadas intervenções culturais com o DIV e coletivos.