Brasileiro participa de feira de ciências na China

Jovem pesquisador desenvolveu um aeromodelo capaz de pousar uma asa voadora de forma autônoma

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 07/08/2017 15:15 / atualizado em 07/08/2017 15:21

O estudante Pedro Henrique Capp Kopper, 17 anos, será o único jovem pesquisador brasileiro presente na China Adolescent Science & Technology Innovation Contest (Castic 2017), feira de ciências que ocorre entre 14 a 19 de agosto, em Hangzhou, na China. Ele é aluno do curso técnico de eletrônica da Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha (Novo Hamburgo/RS).

 

Pedro desenvolveu um projeto chamado “Sistema de pouso autônomo por meio de reconhecimento de imagem”, que tem como objetivo desenvolver um sistema capaz de pousar uma asa voadora de forma autônoma através da identificação por imagem de marcadores coloridos na pista de pouso. Com isso, seria possível aprimorar o monitoramento de reservas ambientais e lavouras.

 

O aeromodelo desenvolvido pelo estudante realiza o processamento das imagens captadas por uma câmera acoplada ao nariz da aeronave. Para que o pouso seja realizado com segurança, a posição do aparelho em relação à pista é calculado com base na posição dos marcadores previamente colocados e identificados na imagem por sua uma cor específica. Caso ocorra algum tipo de falha, o aluno também desenvolveu um sistema secundário capaz de transferir, de forma independente, o comando dos atuadores para um operador em terra, conectado via rádio.

 

O estudante foi ganhador do Prêmio Killing de Tecnologiana Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia (Mostratec), que ocorreu no ano passado. Devido ao prêmio foi possível a participação dele nesse evento.