Educação superior

MEC participa de evento internacional sobre inovação

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 09/08/2017 20:05

O Ministério da Educação participa, em São Paulo, nesta quinta-feira, 10, do São Paulo Innovation Summit 2017 (Spin2017), evento que promove a troca de experiências entre Brasil e Israel, com foco em tecnologia. O objetivo é estimular negócios entre os dois países, que possibilitem o desenvolvimento de tecnologia brasileira. O secretário de Educação Superior do MEC, Paulo Barone, fará uma palestra sobre inovação na graduação.

 

São cerca de mil participantes, entre empresários e investidores brasileiros e israelenses, além de representantes governamentais. Estarão em foco temas como realidade virtual aumentada, inteligência artificial e veículos autônomos, entre outros.

 

De acordo com o secretário, o convite para que o MEC participe do evento se deve à relevância da pasta na discussão da formação de recursos humanos para inovação no país. E é sobre isso que ele vai tratar em sua palestra.

 

“Será em torno de inovação na graduação e suas contribuições para formar recursos humanos que tenham as características adequadas, especialmente as chamadas soft skills, relacionadas com o mundo da criatividade e da inovação”, explica.

 

Soft skills são atributos que vão além do conhecimento técnico. Passam por competências que permitem melhor interação com os outros e boa capacidade para enfrentar desafios, como por exemplo, inteligência emocional, criatividade e flexibilidade.

 

O secretário espera bons resultados do evento. “Vai ser uma aproximação com a comunidade israelense que lida com tecnologia e inovação. O que, certamente, nos favorece para firmar convênios, conhecer formas de organização bem-sucedidas e intercambiar boas práticas”, prevê.

 

O evento acontece das 8h30 às 18h, no Clube Hebraica, em São Paulo. A palestra do secretário Paulo Barone será a partir das 14h, no painel Inovação na Educação Superior no Brasil – Oportunidades e Desafios, que compõe a chamada sessão setorial de debates.