Ensino superior

MEC autoriza instalação do primeiro campus da Univasf

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 25/08/2017 20:19

O ministro da Educação, Mendonça Filho, autorizou, na manhã desta sexta-feira, 25, a instalação do primeiro campus universitário federal na região do Sertão Central de Pernambuco. Trata-se do campus Salgueiro da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), que, inicialmente, vai ofertar as graduações em ciências da computação e de engenharia de produção. O valor estimado da obra é de R$ 12 milhões. Este ano, em todo o Brasil, o MEC já liberou R$ 6,7 bilhões para universidades, institutos federais e fundações.

 

“Salgueiro é uma cidade estratégica do ponto de vista de localização. Vamos atender estudantes do Sertão do estado de Pernambuco, inclusive parte do São Francisco, que também vão se beneficiar com as ofertas de vagas de cursos de nível superior. Estudantes que antes tinham que se deslocar para Petrolina, Recife ou Serra Talhada terão oportunidade de acesso à educação superior de qualidade aqui”, explicou Mendonça Filho.

 

“Esse investimento contribui para a boa formação em termos de educação de nível superior e, ao mesmo tempo, garante maior dinâmica para a economia da região. Teremos a contratação de professores, vamos fortalecer o comércio e toda a economia do Sertão Central pernambucano”, completou o ministro.

 

Emocionado, o prefeito de Salgueiro, Clebel Cordeiro, reforçou que o campus não veio trazer benefícios apenas para a cidade, mas para toda a região. “Tenho orgulho de bater no peito e dizer que Salgueiro vai ter uma universidade federal. Educação é muito importante e quem ganha é o povo de Pernambuco”, destacou o prefeito.

 

Estrutura

Inicialmente, o novo campus tem a proposta de dois cursos, ambos em tempo integral, com 40 vagas anuais em cada e duração de 4 anos e meio. Atendendo cerca de 360 pessoas ao logo desse período. “Teremos 20 novos professores, aproximadamente 24 técnicos e um investimento para execução de obras, aquisição de equipamentos e outros materiais permanentes”, explicou o reitor da Univasf, Julianeli Tolentino de Lima. “A expectativa é ampliarmos as vagas e também os cursos. Esses investimentos são importantíssimos para que a Univasf cumpra a sua missão institucional, que é levar educação superior de qualidade para essa região.”

 

O valor estimado da obra é de R$ 12 milhões. O campus tem previsão de funcionamento no ano de 2018. O município de Salgueiro abriga, atualmente, duas instituições públicas de ensino superior, sendo elas a Universidade de Pernambuco (UPE), com bacharelado em administração, e o Instituto Federal IF-Sertão, com cursos de sistemas para internet, licenciatura em física e tecnologia em alimentos, além dos cursos técnicos de informática, agropecuária e edificações.