MERECIDO

Escritora Marina Colasanti ganha prêmio internacional de literatura

Projeto visa reconhecer literários Ibero-americanos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 20/09/2017 15:43 / atualizado em 20/09/2017 15:48

A escritora brasileira Marina Colasanti é a grande vencedora do XIII Prêmio Ibero-americano SM de Literatura Infantil e Juvenil. A premiação, organizada pela Fundação SM, é uma forma de reconhecer e valorizar a atuação de escritores que fazem obras destinadas às crianças e aos jovens. O concurso também pretende promover a literatura entre pessoas falantes das línguas portuguesa e espanhola a fim de promover o desenvolvimento social nos países participantes.


Nesta edição, o júri considerou a linguagem poética da escritora, bem como a fantasia, domínio do simbólico e releitura dos contos de fada. A entrega do XIII Prêmio Ibero-Americano SM de Literatura Infantil e Juvenil ocorrerá em 28 de novembro, durante a Feira Internacional do Livro de Guadalajara, no México.


LC Agência de Comunicação/Divulgação

A iniciativa foi criada em 2005 e é resultado de parceria com a Organização dos Estados Ibero-Americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI), a International Board on Books for Young People (Ibby) e a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

Reconhecimento

Esta não é a primeira vez que Marina Colasanti é reconhecida por suas obras. Em 2010, a escritora recebeu o Jabuti, o prêmio mais importante da literatura brasileira. Naquela ocasião, a obra vencedora foi Passageira em trânsito. Ela é, também, autora de outras 70 obras publicadas no Brasil e no exterior.