publicidade

Palestra de Henrique Malvar lota auditório

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 13/05/2013 19:04 / atualizado em 13/05/2013 21:02

Agência UnB

“Deu até vontade de desenhar um sistema aqui neste quadro”. Com essas palavras, e muita simpatia, Henrique Malvar iniciou, nesta segunda-feira (13), palestra sobre avanços na Tecnologia da Informação. A apresentação lotou auditório do Departamento de Engenharia Elétrica. Ex-aluno do curso, Malvar foi professor da Universidade de Brasília antes de completar 22 anos. Desde 2010, ele ocupa o cargo de cientista-chefe da Microsoft Research e supervisiona o desenvolvimento de inovações que podem indicar o futuro da comunicação.

A palestra intitulada A Microsoft Research e avanços na Tecnologia da Informação durou pouco mais de uma hora e foi acompanhada por olhares atentos. Nas cadeiras, sentavam professores do cientista, antigos colegas de trabalho, além de seus ex-alunos e estudantes dos cursos de graduação e pós-graduação da Faculdade de Tecnologia. "A presença de Henrique Malvar é muito importante, pois mostra a capacidade desta universidade de formar quadros para o Brasil e para o mundo”, afirmou Ivan Camargo, reitor da UnB.

“Eu acho ótima essa visita, principalmente pela possibilidade de cooperação entre Microsoft e UnB. É uma grande perspectiva para quem quer trabalhar na área”, contou George Brindeiro, 24, mestrando em Engenharia Elétrica.Durante a palestra, Malvar afirmou que as empresas dependem de investimento em pesquisa para sobreviver. "Gastamos 15% de nossos lucros com interação acadêmica. É um investimento em longo prazo, mas dessa forma a comunidade acadêmica ganha e a Microsoft também". O cientista garantiu que apesar de não dominarem as novas tecnologias, os estudantes são sempre fonte importante de dinamismo "Eles têm a mente mais aberta, por isso contratamos tantos estagiários", afirmou Malvar.

O cientista mostrou ao público novos mecanismos de interação com o computador. "A interação com o computador vai acontecer cada vez de uma forma diferente. Ideias sobre o que é o computador, onde está o computador e como usar o computador estão mudando”, explicou Malvar. Dentre as novidades da Microsoft Research, ele apresentou um sistema que traduz a fala de uma pessoa para outro idioma em tempo real e as possibilidades de uso do Kinect, um sensor de movimentos muito utilizado para identificar os gestos dos jogadores de videogames e os traduzir em comandos para os jogos.

Interação
O cientista Henrique Malvar teve um dia intenso na Universidade de Brasília. Logo após a palestra, ele participou de reunião técnica com os professores do Departamento de Engenharia. À tarde, o líder da Microsoft Research se encontrou com o reitor Ivan Camargo. "Estamos, a UnB e a Microsoft, em nova fase. A UnB com a nova gestão do professor Ivan Camargo, e a Microsoft com a instalação do centro de pesquisa no Rio de Janeiro. Então fomos apresentados e estamos iniciando uma conversa”, contou Malvar.
Tags:

publicidade

publicidade