SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Doutorado internacional

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 27/08/2013 11:28 / atualizado em 27/08/2013 11:47

A Câmara de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) da Unicamp aprovou na última terça-feira (4) a criação de um doutorado internacional em bioenergia. O curso, que terá início em março de 2014, faz parte de um programa de pós-graduação a ser criado de modo integrado entre a Unicamp, USP e Unesp.

“O processo de seleção deve começar no segundo semestre deste ano. O doutorado contará com cinco linhas de pesquisas, que serão as mesmas do Bioen [Programa de Pesquisa em Bioenergia] da Fapesp: biomassa, tecnologia, motores, biorrefinaria e sustentabilidade. O curso já foi aprovado pela Capes [Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior] e começará com nota quatro. A ideia é que seja inovador e tenha grande projeção internacional”, revelou Luís Augusto Barbosa Cortez, titular da Vice-Reitoria Executiva de Relações Internacionais da Unicamp.

Estudioso da área e docente da Faculdade de Engenharia Agrícola (Feagri), Luís Cortez explica que a bioenergia representa cerca de 30% da matriz energética brasileira.  “Do ponto de vista internacional o tema é muito importante por ser uma alternativa na redução das emissões que causam o efeito estufa. E o principal desafio é a questão da sustentabilidade”, argumenta.

O novo curso, informa o docente, será coordenado pelo professor Antônio José de Meireles, da Faculdade de Engenharia de Alimentos (FEA) da Unicamp. Ele acrescenta que a criação do curso de doutorado é um desdobramento de outra iniciativa, o Centro Paulista de Pesquisa em Bioenergia, formulado em 2010, por meio de um convênio entre o Governo do Estado de São Paulo, a Fapesp, USP, Unicamp e Unesp. 
Tags:

publicidade

publicidade