SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

MEC vai oferecer bolsas de estudo sobre competências socioemocinais

Parceria entre a Capes e o Instituto Ayrton Senna foi firmada hoje. Edital deve ser lançado em até 90 dias

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 24/03/2014 19:09 / atualizado em 24/03/2014 19:11

Ana Paula Lisboa

Parceria firmada entre o Instituto Ayrton Senna e a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal do Ensino Superior (Capes), do Ministério da Educação, vai criar programa de formação de pesquisadores e professores na área de competências socioemocionais. O acordo foi feito nesta segunda-feira (24/3) em São Pualo, durane o Fórum Internacional de Políticas Públicas - Educar para as competências do Século 21. O termo de cooperação, assinado pelo ministro da Educação, José Henrique Paim, prevê que a Capes oferte e gerencie bolsas de estudo para formar pesquisadores qualificadas na área e que o Instituto Ayrton Senna forneça subsídios técnicos para que o Brasil amplie os esforços de pesquisa sobre o assunto. O termo de cooperação indica que as escolas precisam preparar professores para que estimulem tais competências em seus projetos pedagógicos. Em até 90 dias, a Capes deve lançar um edital de candidatura para as bolsas de estudo. Pesquisa da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) e do Instituto Ayrton Senna mostra que as competências socioemocionais têm papel central no desempenho escolar e que podem ser desenvolvidas com ajuda da escola e da família. Também conhecidas como não-cognitivas, essas são habilidades e atitudes individuais que complementam as cognitivas. Responsabilidade, otimismo, curiosidade e determinação são alguns exemplos de competências socioemocionais, que exercem grande papel no sucesso escolar e profissional.
Tags:

publicidade

publicidade