SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

UnB terá mestrado semipresencial em artes

Curso é inédito no país. Inscrições terminam neste sábado (24).

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 23/05/2014 20:42 / atualizado em 27/05/2014 20:51

A pós-graduação é um desejo de muitos educadores da rede pública de ensino, mas a bibliografia extensa e a dificuldade em conciliar a atividade profissional e os estudos dificultam a realização dela. O Programa de Mestrado Profissional em Artes (Profartes), recém-criado pela Universidade do Estado de Santa Catarina e que tem como parceiros a Universidade de Brasília (UnB) e outras nove instituições públicas de ensino superior, pretende mudar esse cenário. O programa é o primeiro do país a permitir ao professor de artes da educação básica (ensinos fundamental e médio) cursar mestrado de maneira semipresencial. As inscrições para o curso seguem até este sábado (24/5).

Das 15 vagas que a UnB vai oferecer no próximo semestre, 11 serão para professores de artes cênicas (teatro e dança) e 4 para professores de música. “A proposta é democratizar o acesso à pós-graduação. Queremos levar o mestrado ao professor de escola pública que dá aula na periferia para que possa se qualificar”, conta o coordenador do Profartes na UnB, professor José Mauro Ribeiro. “Os docentes param no tempo. Formam-se na faculdade e vão para as escolas, onde não têm tempo para estudar e não se aprimoram”, explica.

Engana-se quem tira o mérito de uma pós-graduação semipresencial. “Possui a mesma carga horária de um mestrado acadêmico. Além disso, nosso curso foi avaliado com nota 4 pela Coordenação de Aperfeiçoamento Pessoal de Nível Superior (Capes). Até daqui dois anos esperamos ter doutorado”, acredita Ribeiro.

Ao longo de dois anos de curso, o candidato estudará duas disciplinas obrigatórias a distância e quatro presenciais no Instituto de Artes da UnB. A professora Samanta de Lima, que dá aulas em uma escola pública de São Sebastião, vai participar do processo seletivo. Ela acredita que as aulas não-presenciais são um atrativo para o curso. “No mestrado acadêmico as aulas são no turno diurno. Já no Profartes, as aulas, quando presenciais, serão à noite”, explica Samanta.

A seleção envolve prova escrita, em 7 de junho, e defesa oral dos projetos de pesquisa e avaliação de currículo, em data ainda não definida, em julho. Os 15 selecionados serão divulgados em 30 de julho. Já o início das aulas está programado para 4 de agosto.

Saiba mais
Programa de Mestrado Profissional em Artes (Profartes)
Incrições gratuitas: até sábado (24) pelo site www.ceart.udesc.br/profartes
Tags:

publicidade

publicidade