SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Brasileiro recebe "Nobel" da Matemática

O carioca Artur Avila, 35 anos, ganhou Medalha Fields, mais alta premiação de sua área no mundo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 12/08/2014 19:28 / atualizado em 12/08/2014 19:30

Juliana Espanhol

O pesquisador Artur Avila, 35 anos, se tornou o primeiro brasileiro a receber a Medalha Fields, considerado o Nobel dos matemáticos. O  prêmio da União Internacional de Matemática (IMU, em inglês) foi entregue durante o Congresso Internacional de Matemáticos nesta terça-feira (12), quarta de manhã em Seul, onde o evento ocorre. Além do carioca, o prêmio foi dado ao canadense Manjul Bhargava, ao austríaco Martin Hairer e à iraniana Maryam Mirzakhani.

A medalha Fields é entregue a cada quatro anos a no mínimo dois e no máximo quatro profissionais com menos de 40 anos cujos trabalhos tenham sido considerados fundamentais para o avanço da matemática por um comitê de especialistas.

“Artur Avila fez notáveis contribuições no campo dos sistemas dinâmicos, análise e outras áreas, em muitos casos provando resultados decisivos que resolveram problemas há muito tempo em aberto. Como nativo do Brasil que passa parte de seu tempo no país e outra parte na França,  ele combina as fortes culturas e tradições matemáticas dos dois países. Quase todo seu trabalho foi feito por meio de colaborações com cerca de 30 matemáticos de todo mundo. Para estas colaborações, Avila traz um formidável poder técnico, a engenhosidade e tenacidade de um mestre em resolver problemas e um profundo senso para questões profundas e significativas”, escreveu o comitê da IMU em nota sobre o pesquisador.

O envolvimento de Artur Avila com a matemática começou cedo: aos 13 anos, ganhou medalha de Braonze na Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM).Formado em matemática pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Avila fez mestrado e doutorado pela Associação Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa), onde atua como pesquisador. Ele também é pesquisador pelo Centre National de la Recherche Scientifique, localizado em Paris.
Tags:

publicidade

publicidade