SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Brasília recebe congressos de geotecnia ambiental e geossintéticos em julho

Palestras e sessões de discussão fazem parte da programação entre 19 e 21 deste mês. Inscrições terminam nesta quarta (8)

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 08/07/2015 15:10 / atualizado em 08/07/2015 15:25

Entre 19 a 21 de julho, o 7º Congresso Brasileiro de Geossintéticos e o 8º Congresso Brasileiro de Geotecnia serão realizados no Centro Universitário de Brasília (UniCeub), no câmpus Asa Norte, pela Associação Brasileira de Mecânica dos Solos e Engenharia Geotécnica e pela Associação Internacional de Geossintéticos. Esses são dois dos mais importantes eventos de geotecnia ambiental e geossintéticos. As inscrições para partiticipar das atividades vão até esta quarta (8), pelo site dos eventos. As taxas variam de R$ 250 a R$ 570. Também será possível adquirir ingressos na hora, com valores entre R$ 300 e R$ 700.

No domingo (19), a programação inclui as palestras de Jorge Zornberg, professor da University of Texas at Austin; e de Krishna Reddy, da University of Illinois, em Chicago. Haverá também sessões de discussão sobre os temas geossintéticos em reforço de solos, com participação de Marcos Massao Futai, da Unversidade de São Paulo (USP), e Fagner Alexandre Nunes França, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN); transportes de contaminantes: normas e ensaios, com Elisabeth Ritter, da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj), e Rejane Nascentes, da Universidade Federal de Viçosa (UFV); e durabilidade de geossintéticos, com Delma de Mattos Vidal, do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), e Indiara Giugni, consultora em geossintéticos.

Na segunda-feira (20), haverá sessões de discussão sobre transporte de contaminantes e modelagem em geotecnia ambiental; caracterização tecnológica e reuso de resíduos; Geossintéticos em rodovias, ferrovias, mineração e meio ambiente; mineração, com Teresinha Espósito, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), e Rafael Jabur Bittar, da Waste & Tailings Management; interação solo-geossintético, com Maurício Ehrlich, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), e Maria das Graças Gardoni de Almeida, da UFMG; e Impactos ambientais em áreas urbanas, com Maria Claudia Barbosa, da UFRJ, e Alberto Sayão, da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio).

No último dia do evento, terça-feira (21), o UniCeub recebe a palestra de Antônio Thomé, da Universidade de Passo Fundo (UPF); além das sessões de discussão: Estudo e gestão de impactos ambientais, Geossintéticos em obras hidráulicas, de drenagem e filtração, Comportamento de obras de disposição de resíduos, e Geossintéticos como reforço. Ainda haverá mesa redonda com representantes de órgãos públicos: Sergio Fleury, do Instituto Brasileiro do Meio-Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), e Elza Conrado, do Ministério Público da União (MPU).

publicidade

publicidade