SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Gestão Globalizada

Programa de mestrado em consultoria e empreendedorismo está com inscrições abertas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 20/07/2015 09:42 / atualizado em 20/07/2015 13:23

O Instituto de Ensino e Pesquisa em Administração (Inepad), em parceria com a universidade holandesa Rotterdam Business School, está com inscrições abertas até sexta-feira (24) para 200 vagas em programa a distância de mestrado em consultoria e empreendedorismo. Esta é a primeira vez que a formação é oferecida a brasileiros. O curso terá duração de dois anos e será ministrado por professores europeus especializados em gestão e negócios. As aulas serão on-line, com transmissão ao vivo em inglês com opção de tradução simultânea para português, às quartas-feiras, das 7h às 9h. Ao fim do programa, os estudantes recebem um certificado emitido pela Rotterdam University. A pesquisadora Giedre Vasiliauskaite dará aulas no mestrado e fala sobre a importância do pensamento crítico, da comunicação e da criatividade — também conhecidas como “as habilidades do século 21” no mundo globalizado. Confira entrevista com ela:


Rotterdam Business School /Divulgação
Giedre Vasiliauskaite,

pesquisadora, doutora em filosofia pela
Universidade de Rotterdam da Holanda e
especialista em pensamento crítico, análise
de argumentos e gestão intercultural.

Qual a importância da internacionalização da formação de executivos para o contexto empresarial atual?

Os mercados de todos os países estão cada vez mais internacionalizados e, para obter acesso a informações estratégicas, é necessário entender o contexto global. Um treinamento internacionalizado e multicultural oferece essa visão ampla para o executivo, especialmente, na tomada de decisões.

Qual a grande vantagem do mestrado em consultoria e empreendedorismo?

Na Rotterdam Business School, todos os professores são de diferentes culturas, porque a escola tem uma proposta multicultural. O tratamento que o aluno recebe e o conteúdo aplicado em sala de aula refletem a visão dos profissionais que trabalham no mercado, em conjunto com as experiências dos estudantes. A união do multiculturalismo com a disciplina de pensamento crítico formará um executivo consciente com poder de análise, olhar diferente para os problemas, atitude proativa e capacidade de intervenção direta e seletiva para a resolução de conflitos. Existem diversas maneiras de ver um problema e, a partir de estudos de caso, o executivo terá a capacidade de analisar uma questão e sugerir soluções inovadoras.

Com a globalização e o aumento da competitividade no mercado, como desenvolver uma visão estratégica e ampla dos negócios para ter melhores tomadas de decisões profissionais?
Em primeiro lugar, é preciso ser curioso e ter uma mente aberta a diferentes pontos de vista. Não se apresse com soluções rápidas antes de analisar o problema. Seja atento e ouça cuidadosamente. Pergunte o porquê — questione seu ponto de vista e os das outras pessoas e tente ver se os pressupostos básicos que parecem óbvios para você são realmente corretos. Seja um pouco desconfiado, mas não muito. Desenvolver um pensamento crítico ligado ao negócio pode ser uma ferramenta eficaz na tomada de decisões. Afinal, pensar criticamente e dar valor ao que realmente importa é fundamental para o negócio. Aulas de pensamento crítico fornecem ferramentas que ajudam as pessoas a comunicarem as ideias com clareza. Muitas decisões erradas são tomadas devido a preconceitos.

A habilidade de pensamento crítico aplicada aos negócios é valorizada pelas empresas em seus executivos e gestores?
As companhias estão procurando especialistas com bom pensamento crítico, porque muitas outras habilidades de ordem inferior têm sido terceirizadas, e o trabalho que não pode ser automatizado requer características que também não podem ser automatizadas: boa comunicação, criatividade e pensamento crítico. A crise financeira tem mostrado, de maneira difícil, que muitas pessoas estavam baseando suas decisões de negócio em preconceitos. Assim, profissionais autoconscientes e abertos a desafiar pressupostos estão se tornando valiosos. Mudanças sociais diferentes no mundo ocidental e a globalização também contribuem para a necessidade de pensamento crítico. A nova geração que está ingressando no mercado agora é muito mais focada em colaboração e diversidade. É por isso que o pensamento crítico, a comunicação e a criatividade são as habilidades do século 21.

Inscreva-se


» Para participar do mestrado em consultoria e empreendedorismo, do Instituto de Ensino e Pesquisa em Administração (Inepad) em parceria com a universidade holandesa Rotterdam Business School, os candidatos devem ter formação superior em administração, economia ou contabilidade; ou, caso possuam graduação em outra área, devem comprovar, pelo menos, três anos de experiência em gestão de organizações ou em empreendedorismo. Também é necessário ter nível de inglês instrumental que permita a leitura e a compreensão dos materiais utilizados no programa. O curso custa R$ 38.840 (o valor pode ser dividido em 26 parcelas de R$ 1.490 para alunos residentes no Brasil ou em 26 parcelas de 423 euros para quem mora no exterior). A taxa de inscrição para o processo seletivo é de R$ 390. Os interessados devem se inscrever pelo site inepad.org.br/rotterdam/br até sexta-feira (24). As aulas começam em 31 de agosto. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (16) 2111-0250 ou pelo e-mail secretariadecursos@inepad.org.br.

publicidade

publicidade