SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Ciência sem Fronteiras

CAPES nega corte de bolsas do Ciências sem Fronteiras

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 27/06/2016 18:10 / atualizado em 27/06/2016 18:31

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) nega cortes de bolsas do programa Ciência Sem Fronteiras. Segundo a nota da agência federal, cerca de 715 bolsistas de doutorado pleno submeteram seus pedidos de renovação de bolsa este ano. Desse total, apenas 22 (3%) não obtiveram a recomendação de renovação pelos consultores. A Capes esclarece que os alunos não recomendados no fim de maio entraram com pedido de reconsideração e seis tiveram sua renovação aprovada e outros 15 encontram-se em análise de mérito, tendo sido mantida a negativa de apenas um candidato, até o momento.


A Reportagem do jornal Folha de São Paulo mostrou na edição de hoje quatro casos de bolsistas do programa Ciência Sem Fronteiras que tiveram a bolsa mensal interrompida após parecer dos consultores da Capes. A especulação entre os estudante é que o governo está cortando bolsas no exterior para reduzir custos por causa da crise econômica.

Confira a nota na íntegra:

"Os bolsistas de Doutorado Pleno no Exterior possuem bolsas de estudos com duração de até 48 meses, mediante renovação anual. Anualmente, os bolsistas devem apresentar relatório de atividades acadêmicas que são submetidos a um processo de análise de mérito por consultores “ad hoc” especialistas na área de conhecimento dos estudos. Em casos de emissão de parecer negativo, o consultor deve fundamentar sua decisão para que seja enviada ao bolsista para que possa solicitar reconsideração do parecer. Em 2016, 715 bolsistas de doutorado pleno submeteram seus pedidos de renovação de bolsa. Deste universo, apenas 22 (3%) não obtiveram a recomendação de renovação da bolsa pelos consultores. Esclarecemos, ainda, que os alunos não recomendados no final do mês de maio entraram com pedido de reconsideração e 6 tiveram sua renovação aprovada e outros 15 encontram-se em análise de mérito, tendo sido mantida a negativa de apenas 1 candidato, até o momento.

A Capes entende que uma taxa de aprovação de 97% dos pedidos de renovação de bolsas de doutorado pleno demonstra o sucesso do processo seletivo a que foram submetidos estes estudantes quando pleitearam o apoio desta Fundação."

publicidade

publicidade