publicidade

Doutorado sanduíche

Programa de concessão de bolsas no exterior é retomado depois de um ano de interrupção

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 12/07/2016 18:21 / atualizado em 12/07/2016 18:22

Portal MEC /MEC

O Ministério da Educação retomou o Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior (PDSE), que estava suspenso desde maio de 2015. Em novo formato, a seleção vai conceder este ano 2.185 bolsas em todas as áreas do conhecimento. Os detalhes sobre as novas oportunidades de bolsas no exterior foram publicados no Diário Oficial de União nesta terça-feira, 12.

 

Os benefícios contemplam mensalidade e seguro-saúde, além de auxílios deslocamento e de instalação. A bolsa prevê também adicional localidade, quando for o caso. Cada programa de doutorado no Brasil fará jus a uma cota para o ano de 2017, o que equivale a 12 mensalidades. O número de bolsas equipara-se ao de cursos de doutorado atualmente no país, 2.185.

 

Na prática, a quantidade de bolsistas pode variar, conforme o interesse da coordenação do programa nas instituições de ensino superior, pois a duração da bolsa é de, no mínimo, quatro meses e, no máximo, 12 meses. Assim, será possível cada programa de pós-graduação atender de um a três bolsistas no ano. Em 2015, o PDSE concedeu 1.694 bolsas.

 

Nessa modalidade, alunos regularmente matriculados em cursos de doutorado no Brasil realizam parte do curso em instituição no exterior e retornam ao país para concluir os créditos e defender a tese. É preciso comprovar qualificação para usufruir, no exterior, da oportunidade de aprofundamento teórico, coleta, tratamento de dados e desenvolvimento parcial da parte experimental da tese.

 

Os doutorandos interessados devem estar regularmente matriculados e candidatar-se individualmente. É obrigatório ter notas de 3 a 7 na avaliação quadrienal da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Não é permitido acumular a bolsa de doutorado sanduíche no exterior com outras bolsas no Brasil provenientes de recursos da Capes ou de outras agências de fomento que utilizem recursos do Tesouro Nacional.

 

Os candidatos também não podem ter sido contemplados com bolsa de doutorado sanduíche no exterior neste ou em outro curso de doutorado realizado anteriormente. É preciso cumprir o período total do doutorado, de acordo com o prazo regulamentar do curso para defesa da tese. Para tanto, o número de créditos referentes ao programa de doutorado no Brasil tem de estar compatível com a perspectiva de conclusão do curso, em tempo hábil, após a realização do estágio no exterior. O candidato também precisa ter obtido aprovação no exame de qualificação da tese.

 

 

 

Acesse o edital com o cronograma na página da Capes

publicidade

publicidade