ENSINO

Coordenadores discutem rumos da pós-graduação na UnB

Distribuição de bolsas de estudos e prevenção de fraudes foram assuntos abordados na quarta reunião realizada pelo DPG

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 16/03/2017 19:39

Beatriz Ferraz/Secom UnB

Nesta quarta-feira (15), aconteceu a quarta reunião de diálogo entre os coordenadores dos programas de cursos de pós-graduação da Universidade de Brasília. O evento, realizado no auditório da Faculdade de Tecnologia (FT), é uma iniciativa do Decanato de Pós-Graduação (DPG) e tem a finalidade de discutir assuntos relacionados aos cursos de mestrado e doutorado da instituição.

Em oportunidades anteriores, os coordenadores receberam representantes da Capes para esclarecimentos sobre a pós-graduação no Brasil. Desta vez, o foco do encontro foi o funcionamento interno da UnB em relação ao tema.

Durante a reunião, a decana do DPG, professora Helena Eri Shimizu, enfatizou a importância da pós-graduação mostrar-se ativa durante a campanha UnB 55 anos - Ciência e Ousadia. O decanato pretende organizar uma lista de professores e estudantes que serão homenageados ao longo do ano. “Aguardo a indicação dos pesquisadores, para que possamos escolher os homenageados. Os coordenadores dos cursos devem enviar os nomes para o DPG fazer a avaliação”, informou.

Além disso, a decana abordou o projeto para aula inaugural das turmas de pós-graduação deste semestre, com a temática Ética e Pesquisa. O objetivo da palestra de abertura do calendário dos cursos é apresentar e debater as formas de combate aos casos de plágio e fraude nas produções acadêmicas na Universidade. “Apesar de reconhecer a dificuldade de autenticidade, precisamos prevenir a situação de cópia e plágio em nossas pesquisas científicas”, alertou.

No encontro, a professora Helena Shimizu também manifestou a intenção de formar um grupo para estruturar a internacionalização dos cursos de mestrado e doutorado da Universidade de Brasília. O objetivo é fortalecer a atuação da pós-graduação, tornando-a cada vez mais relevante para além dos domínios brasileiros.

Ainda neste sentido, o coordenador do programa Idiomas sem Fronteiras (IsF), Virgílio Almeida, ressaltou como desafio para 2017 o estreitamento de laços com a pós-graduação e o atendimento às demandas dos cursos de mestrado e doutorado. "Oferecemos diversos cursos que podem enriquecer o currículo dos nossos pesquisadores”, disse. O IsF oferece cursos de gramática, conversação e compreensão de textos em Inglês, Espanhol, Alemão e outros idiomas. Os interessados podem obter informações no endereço isf@unb.br.

GESTÃO

Para o quadriênio 2017/2020, o DPG pretende se organizar para utilizar de maneira adequada os recursos disponíveis aos programas de pós. Na reunião, o decanato apresentou as planilhas referentes à receita ofertada aos diversos cursos de mestrado e doutorado e indicou que os coordenadores devem se organizar para fazer as solicitações de bolsas de estudos e outras verbas de maneira sistematizada.

Além disso, evidenciou-se a relevância do procedimento de análise do histórico escolar e rendimento acadêmico dos estudantes nos processos de concessão de bolsas e solicitação de prorrogação dos prazos para conclusão das dissertações e teses.

Sobre os procedimentos administrativos, o professor Cláudio Del Menezzi, diretor de pós-graduação do DPG, comentou que a Universidade passa por um período de mudanças. “Estamos numa fase de transição para a implementação de sistemas burocráticos mais flexíveis. Os trâmites dos processos tendem a ser mais eficientes e adequados”, disse.

A professora Carla Anflor, coordenadora dos cursos stricto sensu, afirmou que a UnB busca informatizar e agilizar as resoluções dos processamentos. “Quando o coordenador do curso utiliza as ferramentas disponibilizadas pela Universidade e observa o percurso dos processos, há uma considerável economia de tempo, verbas e recursos humanos”, enfatizou.
ATENÇÃO – As informações, as fotos e os textos podem ser usados e reproduzidos, integral ou parcialmente, desde que a fonte seja devidamente citada e que não haja alteração de sentido em seus conteúdos. Crédito para textos: nome do repórter/Secom UnB ou Secom UnB. Crédito para fotos: nome do fotógrafo/Secom UnB.

 

UnB Notícias