Enem 2017
Apresentado por:

O caminho para a excelência

Primeira oficina de redação Nota 1000 mostrou o passo a passo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 09/10/2017 07:00 / atualizado em 06/10/2017 22:07

Ed Alves/CB/D.A Press

 

 

Entre os conteúdos preparados pelo Especial Enem para os candidatos ao exame, um guarda lugar singular pela proximidade com o aluno, aprofundamento do tema e abertura para todos os públicos. Na oficina de Redação Nota 1000, os interessados saem da leitura do jornal impresso e on-line para materializar-se no auditório do Correio.  Ali, na interação com a especialista no tema Dad Squarisi, três horas se passaram correndo na primeira edição da atividade, realizada em 28 de setembro. Detalhes minuciosos de como alcançar a excelência na dissertação foram abordados. Não tem segredo, garante a professora.



Na ocasião, Squarisi pontuou o que considera as regras de ouro para alcançar a nota máxima e os critérios exigidos na proposta e na correção do exame. Passo a passo, a professora intercalou explicações sobre os conceitos com espaços para que os alunos produzissem breves textos, lidos em seguida em voz alta por quem levantasse a mão.

Não houve quem ficasse de fora. “Pra mim, foi fundamental o emprego desse método, já que tenho muita dificuldade. Com os exercícios passados, posso conseguir uma boa nota. Vou repeti-los em casa para ver se evoluo”, diz Susana Santos, 18 anos, estudante do ensino médio. A aluna compareceu ao auditório procurando evoluir na escrita, empecilho  na busca dela pela vaga no curso de nutrição, que pretende alcançar por meio do Enem deste ano.

“A participação de todos foi o mais legal, assim como os exemplos concretos dados por ela”, afirma Lucas Oliveira, 18. Ex-estudante do Centro de Ensino Médio 1 do Riacho Fundo (CEM 1), ele foi à oficina para aprimorar a preparação para o exame, que enxerga como porta de entrada para o sonhado curso de marketing.

Parágrafo

 

Ed Alves/CB/D.A Press
 

 

 

“É tudo muito simples. Só precisamos ter as ideias organizadas para não sair por aí navegando como se navega na internet”, afirmou Dad Squarisi na abertura do bate-papo. Ao longo da atividade, ela apresentou oito textos, utilizados no auxílio da construção de um parágrafo e dos itens básicos de uma argumentação – o que é o tema, para quem, para quê e como chegar lá.

Enquanto unidade de composição, os parágrafos têm “suas manhas”. Quando se lê um livro, são eles que, apresentados em blocos, determinam o desenvolvimento da argumentação. Sem ele, tudo vira um emaranhado de frases que podem confundir mais do que explicar. “Não é por acaso. Nós fazemos o parágrafo para facilitar a escrita. Cada um deles apresenta uma ideia e, juntos, dão unidade.”

Tópico frasal

 

Ed Alves/CB/D.A Press

 

 

O modo mais simples de ler e escrever um bom parágrafo é atentar para o tópico frasal. Na leitura, localizá-lo no texto possibilita ao candidato situar-se sobre o que está posto em pauta. Vale para tudo: geografia, física, matemática, história e o que mais vier. “Se prestarmos atenção, veremos que os textos de referência da redação têm esse formato”, exemplifica a professora. “Interpretar o texto dado é minha maior dificuldade, não tanto escrever.  Preciso ler mais, o que ajuda a desenvolver o vocabulário”, concorda Karolay Sousa, 18.  A jovem terminou o ensino médio em Manaus (AM) e, agora que chegou ao Distrito Federal para fazer curso técnico no Instituto Federal de Brasília (IFB), aproveitou a oficina para se preparar também para o Enem.

Na escrita, da mesma forma, iniciar o parágrafo com um bom tópico frasal abre caminhos. “Eu começo com a ideia mais importante, uma sentença sozinha, que começa com letra maiúscula e termina no ponto. Tudo o mais é desenvolvimento”, disse a professora. Para tanto, na oficina, Dad Squarisi lançou mão de um parágrafo sem tópico frasal inicial, a ser preenchido pelos alunos. As respostas surgiram naturalmente, de modo propositivo e organizado.

“Meu maior dilema é desenvolver a redação. Aqui consegui tirar a primeira ideia do papel, agora é treinar para o resto”, disse Susana Santos. Na sequência, a professora inverteu os métodos: deu aos participantes a primeira frase e coube a eles escrever todo o parágrafo a partir dela.

Regras de ouro

Entendidos os conceitos básicos, Dad Squarisi elegeu também aqueles que podem levar o candidato além.  A nota 1000 na redação, tão almejada, pode vir pelo que ela chama de “regras de ouro” da dissertação: menor é melhor, menos é mais e variar para agradar. São três qualidades do estilo que levam à excelência na escrita.  A primeira delas auxilia decisivamente na compreensão do leitor. “Sentenças grandes demais fazem com que ele se perca. Sempre que puder escrever algo com menos palavras, faça isso. “A segunda regra proporciona a leitura mais fluida e enxuta. “Menos é mais: menos palavras, mais informação”, sintetiza.

Variar para agradar, por sua vez, garante que o candidato não torne a redação enfadonha para o leitor. “É importante variar o vocabulário. Muitas vezes, o texto está ótimo, bem escrito, porém está repetindo termos. Use sinônimos ou mude as estruturas.”

“Foi bem proveitosa a oficina”, resume Anderson Rodrigues, 20. “A professora passou pontos importante para fazer uma dissertação boa. Para mim, é difícil formar a ideia, ter noção do texto como um todo.”

“É interessante pela gratuidade, em primeiro lugar. A maioria é de jovens que vão fazer o Enem e nem sempre têm a melhor preparação”, afirma Karolay Sousa. Na primeira edição, ela trouxe amigos a tiracolo e, se puder, comparecerá novamente. “A primeira aula é importante, mas a segunda fixa na mente, auxiliando no desempenho.”
para a escrita perfeita da dissertação. próximo encontro será em 19 de outubro. Inscreva-se!

» Fica o convite

Logo mais tem nova oficina. Fique ligado: a iniciativa é gratuita e aberta ao público interessado.  A segunda edição ocorre em 19 de outubro, das 15h às 18h, no auditório do Correio Braziliense (SIG, Qd 02, nº 340). Para se inscrever, basta acessar o Especial Enem (www.correiobraziliense.com.br/euestudante/enem-2017/#inscricao) e preencher os dados.