SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Enem abre inscrições na segunda

O exame será aplicado em 8 e 9 de novembro e terá, pela primeira vez, o uso de detectores de metais pelos fiscais a fim de coibir equipamentos eletrônicos, como os celulares. O site oficial contará com edital acessível a pessoas com deficiência visual e auditiva

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 09/05/2014 10:50

Daniela Garcia /Correio Braziliense , Manoela Alcântara

Marcelo Ferreira/CB/D.A Press
O período de inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014 começa nesta segunda-feira, conforme publicado hoje no Diário Oficial da União. Estudantes interessados em fazer a prova devem se inscrever até 23 deste mês pela internet, no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). As provas serão aplicadas no fim de semana de 8 e 9 de novembro. Entre as novidades, está o uso de detectores de metal nos locais de aplicação dos testes.

Com a nota do exame, o estudante poderá ter acesso ao ensino superior por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O critério de seleção é utilizado em 115 instituições públicas do país, entre elas a Universidade de Brasília (UnB). O Enem também é pré-requisito para o acesso a programas, como o Universidade para Todos (Prouni), o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e o Ciência sem Fronteiras, e certifica a conclusão do ensino médio. Alunos da rede pública e pessoas com renda familiar de até 1,5 salário mínimo estão isentas da taxa de inscrição. Para os demais, o valor cobrado será o mesmo do ano passado, R$ 35, que pode ser pago até 28 deste mês.

Inspeção
Pela primeira vez no Enem, detectores de metais serão usados por fiscais de prova para verificar se o candidato está portando equipamentos eletrônicos, como celulares. “É um detector portátil, que será usado no ambiente de aplicação nos dois dias no momento em que o fiscal entender que deva ser operado”, disse ontem o diretor de gestão e planejamento do Inep, Dênio Menezes. O ministro da Educação, Henrique Paim, também explicou que qualquer candidato poderá ser submetido ao aparelho, desde que ele não apresente uma justificativa que possa impossibilitá-lo da inspeção. A expectativa é de que sejam 18 mil detectores de metais portáteis em todo país.

Nesta edição, o Enem também contará com novos recursos de acessibilidade. O site do exame vai oferecer o edital em formato de leitura compatível com o Dosvox, sistema criado para pessoas com deficiência visual utilizarem o computador, e um vídeo na Língua Brasileira de Sinais (Libras), para quem tem deficiência auditiva.

Diante do alto número de faltosos na prova do ano passado, o site do exame contará com uma mensagem para conscientizar os candidatos. Ao concluir o processo de inscrição, o participante que faltou no dia da aplicação da prova em edições passadas receberá um aviso do site do exame. “Essas pessoas vão receber uma mensagem que diz: para que você possa estar presente no Enem, são gastos recursos públicos. Considere isso. Estamos trabalhando naquilo que nos é facultado: ser proativo de forma educativa”, disse Soares.

No evento de divulgação do edital de 2014, o ministro Paim também garantiu que não haverá mudanças nos atuais filtros de correção das redações. Desde o ano passado, foi imposta a presença de um terceiro corretor quando a nota dada pelos dois anteriores diferir em ao menos 100 pontos. Segundo ele, o MEC tem investido no aprimoramento dos itens de correção e na capacitação dos corretores.

Três maneiras
Desde abril do ano passado, a UnB optou por substituir o vestibular tradicional do início do ano pelo método que leva em conta as notas no Enem. As oportunidades do primeiro semestre são divididas entre os aprovados no certame e os concorrentes do Programa de Avaliação Seriada (PAS). No meio do ano, a prova tradicional está mantida. Na UnB, os candidatos podem participar do Enem de três maneiras: por ampla concorrência, pelas cotas sociais ou raciais.

Em 2015, quando os inscritos no Enem 2014 deverão realizar a inscrição no Sisu, 37,5% das oportunidades serão para alunos de escolas públicas, pretos, pardos, indígenas e de baixa renda. O percentual é definido pela Lei Federal nº 12.711 e, em 2016, aumentará para 50%. Além dessas oportunidades, a instituição brasiliense mantém uma política afirmativa para a inclusão de negros no ensino superior. Ao todo são 5% das reservas para esse público.

Cronograma do Enem 2014
Início das inscrições
12 de maio

Término das inscrições
Às 23h59 de 23 de maio

Pagamento das inscrições
Até 28 de maio

Data das provas
8 de novembro – sábado
(das 13h às 17h30):
» Ciências humanas
» Ciências da natureza

9 de novembro – domingo
(das 13h às 18h30):
» Linguagens
» Códigos e suas tecnologias
» Matemática
» Redação

Abertura dos portões: às 12h

Horários para sabatistas, que preservam o horário diurno do sábado, por motivo de religião
Início das provas: às 19h
Abertura dos portões: às 12h
Tags:

publicidade

publicidade