SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

EDUCAÇÃO

Sonho de cursar medicina

Aposentada com quatro graduações e uma pós no currículo está entre os 8,7 milhões de candidatos do Enem

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 15/09/2014 12:36 / atualizado em 15/09/2014 13:31

É preciso muita disposição para enfrentar a rotina diária de estudos na reta final de preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que terá provas aplicadas Em todo o paíse m 8 e 9 de novembro. Mas o fôlego para enfrentar a maratona de aulas e exercícios não é qualidade apenas daqueles que acabaram de concluir o ensino médio e estão iniciando o caminho na busca por uma vaga em uma universidade. Aos 48 anos, a aposentada Edi Lourenço divide a rotina entre umcursinho preparatório para o exame e o trabalho como professora particular. A mineira fará o exame pela segunda vez para tentar uma vaga em uma das graduações mais disputadas da Universidade De Brasília (UnB) por meio do Sistema de SeleçãoUnificada (Sisu). “Vou fazer a prova porque quero ingressar no curso de medicina. Ser médica era meu sonho inicial e, agora que estou aposentada, tenho mais tempo livre e posso me dedicar aos estudos”, conta.

Ela explica a disposição para retornar aos corredores de uma faculdade. “Não quero ficar rica. Quero me formar médica porque acho que posso contribuir para o sistema de saúde do país. Sinto que ainda posso fazer muita coisa para ajudar o próximo e é para isso que quero me preparar agora”, disse. “Espero que eu consiga passar para começar no ano que vem. Estou com uma expectativa boa para a prova, mas também estou nervosa. Ainda me sinto jovem para lutar pelo que quero, e sei que estou me esforçando”, completa Edi, que é uma das 1,3 milhão de pessoas com mais de 30 anos a fazer o Enem neste ano. Ela também tentará uma vaga para medicina pelo vestibular da Escola Superior de Ciências da Saúde (ESCS). Entre os outros planos de Edi, está um mestrado em finanças.

Veterana em vestibulares, Edi acumula quatro graduações— em economia, administração, marketing e estatística—e uma pós-graduação em engenharia econômica. “Meu negócio é estudar. Não consigo ficar parada”, afirma. Atualmente, ela dá aulas particulares de matemática durante o dia e faz um curso preparatório para o Enem no período da noite. “Não é impossível conciliar o tempo. Quando algum dos meus alunos atrasa ou falta, por exemplo, fico resolvendo exercícios e provas anteriores. Antes das aulas e das monitorias do curso preparatório, levo as dúvidas que tenho para serem solucionadas pelo professor”, conta.

Estou com uma expectativa boa para a prova, mas também estou nervosa. Ainda me sinto jovem para lutar pelo que quero e sei que estou me esforçando”


Edi Lourenço, 48 anos
 

Tags:

publicidade