SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Teste seus conhecimentos

Inscrições para o simulado on-line do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) começam na quinta-feira (2). Prova gratuita do Correio será aplicada no terceiro fim de semana de outubro, nos moldes do Enem

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 01/10/2014 06:00 / atualizado em 01/10/2014 09:55

Kelsiane Nunes /Especial para o Correio

Paula Rafiza/Esp. CB/D.A Press
Quer saber se você está pronto para o Enem? Então, não perca as inscrições para o simulado on-line disponibilizado pelo Correio Braziliense em parceria com o IMP Concursos e o Tempo de Concursos, empresas especializadas em cursos preparatórios para concursos. O prazo começa na quinta-feira (2) e continua até 16 de outubro, pelo site www.simuladocb.com.br. Não há número limite de vagas, e as provas gratuitas serão aplicadas em 18 e 19 de outubro, na internet. O simulado tem quatro horas de duração em cada dia.

Ana Luíza Brum, 17 anos, aluna do Centro Educacional Leonardo da Vinci, gostou da iniciativa do Correio Braziliense de oferecer um simulado para os leitores. “Acho importante porque existem muitas escolas que não oferecem essa oportunidade ao aluno. É bom porque qualquer interessado pode se inscrever”, opina a aluna que pretende cursar gastronomia e química com bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni). O estudante do Centro de Ensino Médio Setor Oeste Iago Oliveira, 17, acha que o teste gratuito ajudará quem quer melhorar os pontos fracos. “É uma iniciativa boa, pois possibilita a todos a chance de testar o conhecimento para o Enem. Quando faço simulados, costumo descobrir meus defeitos e estudar para corrigir os erros”, diz.

Matheus Ribeiro, 18 anos, também aluno do Setor Oeste, almeja uma vaga em biotecnologia na Universidade de Brasília (UnB). Além de batalhar pelo ingresso na universidade, o aluno faz o Enem pensando em utilizar a pontuação para fazer um intercâmbio por meio do Ciência sem Fronteiras. Acostumado a fazer simulados on-line, ele destaca que o ponto positivo é a comodidade. “A grande vantagem do simulado pela internet é que você pode fazer quando tiver maior disponibilidade de tempo”, assinala.

Mãozinha para os leitores
Segundo Cilene Vieira, superintendente de Marketing do Correio Braziliense, o objetivo é ajudar o leitor que fará a prova. “É uma contribuição para que os leitores tenham acesso à informação formulada para que se preparem de forma adequada”, afirma. Cilene explica que o simulado faz parte da série Correio Braziliense no Enem, que oferece ao público um conjunto de informações e serviços sobre a prova. “Esse conjunto é composto pelos oito fascículos de provas, feitos em parceria de conteúdo com o Sistema Ari de Sá e patrocínio do Centro Educacional Leonardo da Vinci, e o simulado on-line”, completa.

O teste foi preparado por uma equipe de professores do IMP concursos - empresa filiada ao grupo Unyleia. “Seguimos o padrão de elaboração de dificuldade presente no Enem. A disposição das provas também se assemelha com o que é feito pelo exame. Serão dois cadernos de provas: O primeiro é de Ciências humanas, ciências da natureza e suas tecnologias. O segundo caderno cobrará Linguagens, códigos, matemáticas e suas tecnologias. Ao todo, serão 180 itens de múltipla escolha, 90 itens para cada caderno de prova. O simulado também usa a Teoria de Resposta ao Item (TRI), método de correção utilizado pelo exame”, explica Ranil Aguiar, coordenadora pedagógica do IMP concursos. “Qualquer candidato do país pode se inscrever para o simulado”, completa.

A hora da verdade
No momento em que o participante clicar no comando Iniciar prova, o tempo começará a contar, e o inscrito não poderá parar o processo. Durante a realização da prova, o inscrito pode acompanhar o tempo que resta para o término do exame por um contador na tela. “A partir de 18 de outubro, os dois cadernos de prova estarão disponíveis para realização. O candidato pode escolher a ordem e quando fará o simulado durante os dois dias”, esclarece Ranil.

A diferença com relação ao Enem é que o simulado não traz uma prova de redação. “Como o processo é on-line e abrange todo o território nacional, deixaremos de aplicar a prova de redação para não comprometer a qualidade, a gratuidade do processo e a agilidade na divulgação dos resultados. Com a correção dos textos, seria necessário contratar revisores. O custo seria repassado ao candidato, e o tempo para a divulgação dos resultados aumentaria”, esclarece. Diferentemente do Enem, o simulado tem duração de quatro horas nos dois dias, enquanto o Enem dá um prazo de resolução de prova de quatro horas e meia no primeiro dia e cinco horas e meia no segundo dia.

A consulta ao boletim eletrônico fica disponível a partir de 20 de outubro. O participante receberá o documento via e-mail ou pode acessá-lo efetuando login no site do simulado. Caso haja divergência de opinião relacionada à correção de itens, os inscritos terão prazo para pedido de recursos: de 20 de outubro, às 10h, a 21 de outubro, às 14h. “A equipe pedagógica terá dois dias para analisar as requisições. O gabarito oficial será divulgado em 25 de outubro com o ranking de notas”, completa Ranil.

Paula Rafiza/Esp. CB/D.A Press
Ferramenta para aprimorar os estudos
Desde 2008 o Centro de Ensino Médio Setor Oeste realiza simulados para o Enem e o Programa de Avaliação Seriada (PAS). Os resultados dos testes são utilizados como pontuação extra nas notas bimestrais. “A prática sempre ajuda o aluno. O simulado nada mais é do que um laboratório, porque o candidato pode praticar todo o conhecimento adquirido nas provas”, opina o professor de sociologia do colégio Glauco Silva. Para a elaboração, os professores utilizam itens de provas passadas e outros feitos pelos próprios educadores. “Os simulados contribuem para a nota dos estudantes e também incentivam a busca para intensificar os estudos para exame”, conta entusiasmada a coordenadora de Projetos Interdiciplinares e professora de artes Chynthia Machado.

O professor de geografia Jhonny Viana acredita que quem não faz simulados pode ter um resultado ruim na prova. “Cada concurso tem uma especificidade. No caso do Enem, ele trabalha com um índice diferente das outras provas. Aquele que só estuda e não faz prova costuma não ter tem bom desempenho,” percebe..

O professor de matemática do Centro Educacional Leonardo Da Vinci Anibal André Kehl incentiva os alunos a fazerem provas antigas e também simulados para o Enem além dos aplicados pelo colégio. “A simulação é fundamental para o aluno se projetar na atmosfera da prova e se habituar com o modelo dos itens”, opina. Ele chama a atenção dos alunos para o tempo de realização da prova. “Para o Enem, eu recomendo que o aluno comece pelas questões mais fáceis, dividindo o tempo de forma adequada”, alerta.

Teste antes da prova
Luana Carolina do Valle, 17 anos, segue os conselhos de Kehl e utiliza os simulados para conseguir responder as questões de maneira rápida. “Como tem uma média de três minutos por questão, fica difícil organizar o tempo em treinar”, diz. A aluna do colégio Leonardo Da Vinci fará o Enem para conseguir vaga de medicina na Universidade de Brasília (UnB) por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Gabriel dos Santos, 17, utiliza os simulados para treinar a condição psicológica na hora de fazer o exame. “Com os simulados, me preparo para ficar mais tranquilo na hora da prova”, afirma. O aluno pretende fazer engenharia mecânica em uma universidade pública.

Keterly Trancoso, 18 anos, acha que a prova pela internet tem uma desvantagem. “É ruim porque em casa você pode se dispersar mais e demorar muito para fazer a prova”,diz. “Uma forma de contornar esse problema é separar um tempo só para fazer o simulado”, sinaliza. Katerly estuda na mesma instituição de Matheus e pretende fazer engenharia mecatrônica na UnB.

Calendário
Fique atento para não perder a oportunidade:

Inscrições: de 2 a 16 de outubro de 2014, pelo site www.simuladocb.com.br.

Simulado: os dois cadernos de prova estarão disponíveis pelo site de 18 de outubro, às 7h, até 19 de outubro, às 23h59. Cada prova tem quatro horas de duração.

Gabarito: será divulgado em 20 de outubro, no site. O gabarito oficial sai em 25 de outubro.

Recursos: podem ser interportos a partir das 10h de 20 de outubro até as 14h de 21 de outubro de 2014.

Assinante, não perca
O simulado da série Correio Braziliense no Enem é gratuito e aberto a todos, mas assinantes do Correio podem acessar um banco de questões extra. Ao se inscreverem para o simulado, os usuários recebem, em até três dias, o acesso a um banco de questões preparatórias. Para isso, é necessário inserir o código do assinante no momento da inscrição. Os itens são das edições anteriores do exame nacional. O usuário tem a opção de selecionar as questões por prova, ano de aplicação e área de conhecimento.O serviço pode ser acessado até 7 de novembro.
Tags:

publicidade

publicidade