Consulta ao resultado do Enem 2014 é liberada

Nota do exame dá acesso a mais de 200 mil vagas no ensino superior público

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 13/01/2015 20:18 / atualizado em 13/01/2015 20:27

Juliana Espanhol

O Instituto de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou nesta terça-feira (13) a consulta ao resultado inidvidual do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014. Para acessar a nota, o candidato precisa do número de inscrição ou do CPF e da senha criada durante a inscrição. No ano passado, mais de 6,2 milhões de estudantes fizeram o exame nos dias 8 e 9 de novembro em mais de 1,7 mil cidades.

Por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), a nota do exame dá acesso a 205.514 vagas no ensino superior público, além de servir como certificação de ensino médio e ser requisito de programas como o Universidade para Todos (ProUni) e o Ciência sem Fronteiras. Outra possibilidade aberta pelo exame é a obtenção de empréstimo por meio do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Sisu

A consulta à lista dos cursos oferecidos pelo Sisu já está disponível. As inscrições no sistema começam na próxima segunda-feira (19). Em comparação com a edição de janeiro de 2014, houve crescimento de 11% no número de instituições participantes, 20% no de vagas ofertadas e 19% no de cursos com oferta de vagas. Na primeira edição de 2014, foram ofertadas 171.401 vagas em 4.723 cursos de 115 instituições. Das 63 universidades federais, 59 participam do Sisu neste semestre. Todos os 38 institutos federais de educação, ciência e tecnologia e os dois centros federais de educação tecnológica (Cefet) oferecem vagas pelo sistema. Nesta edição, mais de 95 mil vagas serão destinadas a cotas.

ProUni

As inscrições para o Programa Universidade para Todos serão realizadas de 26 a 29 de janeiro. De acordo com as regras estabelecidas em edital, o processo prevê uma única etapa de inscrições, exclusivamente pela internet. O programa terá duas chamadas on-line. A primeira, em 2 de fevereiro; a segunda, em 19 de fevereiro, ambas na página do programa na internet.

Para fazer a inscrição, o candidato deve ter participado do Enem 2014 e obtido no mínimo 450 pontos na média das notas. Não pode ter tirado nota zero na redação. No momento da inscrição, será necessário informar o número de inscrição e a senha usados no Enem e o Cadastro de Pessoa Física (CPF).

Para concorrer à bolsa integral, o candidato deve comprovar renda familiar por pessoa de até um salário mínimo e meio. Para as bolsas parciais, a renda familiar deve ser de até três salários mínimos por pessoa. Estão dispensados dos requisitos de renda os professores da rede pública em efetivo exercício do magistério da educação básica, integrantes de quadro de pessoal permanente de instituição pública. Eles concorrem exclusivamente a bolsas para cursos de licenciatura.

Ansiedade

Durante a manhã e parte da tarde desta terça-feira (13), os termos Inep e Enem e #liberaENEM estiveram entre os assuntos mais comentados no Twitter. Os internautas reclamavam da demora na liberação dos resultados e da instabilidade do site do instituto. Em entrevista coletiva nesta terça-feira, o presidente do Inep, Francisco Soares, afirmou que o site do instituto foi atacado por grupos que tentavam derrubar o sistema, o que atrasou a divulgação dos resultados.