SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

9ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

Ministro Raupp abre oficialmente a semana às 15h

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 16/10/2012 14:20 / atualizado em 16/10/2012 15:35

O tema "Economia Verde, sustentabilidade e erradicação da pobreza" mobiliza todo o país com a realização da 9ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT). A ideia de "cidade sustentável" marca a edição deste ano no Distrito Federal, onde o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp, abrirá oficialmente o evento nacional nesta terça-feira (16). A solenidade será, às 15h, no anfiteatro, do Pavilhão de Exposições de Parque da Cidade (ExpoBrasília), com a participação do secretário da Ciência e Tecnologia para a Inclusão Social do MCTI, Eliezer  Pacheco, e outras autoridades.

Na cerimônia, será entregue o 10º Prêmio Destaque na Iniciação Científica e Tecnológica 2012 e do 2º Prêmio de Fotografia Ciência & Arte, ambos oferecidos pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCTI). Está confirmada a presença dos ministros da Educação, Aloizio Mercadante, do ministro do Turismo, Gastão Dias Vieira, e do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão. Participam ainda, o secretário-geral assistente da Organização das Nações Unidas (ONU) para Coordenação Política e Assuntos Interagenciais, Thomas Stelzer, e a presidenta da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Helena Nader, além de parlamentares e representantes dos governos do Distrito Federal e estaduais e de outros ministérios.

O presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Maurício Antônio Lopes, representará o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Mendes Ribeiro Filho; o secretário de Mudanças Climáticas e Qualidade Ambiental do ministério do Meio Ambiente, Carlos Klink, a ministra Izabella Teixeira;  e a secretária executiva da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Patrícia Barcelos, a ministra Maria do Rosário Nunes.

Recorde - A SNCT é realizada, desde 2004, no mês de outubro, em todo o Brasil. Sua finalidade principal é mobilizar a população, em especial crianças e jovens, sobre temas e atividades de ciência e tecnologia (C&T). A coordenação nacional é de responsabilidade do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, por meio do Departamento de Popularização e Difusão de Ciência e Tecnologia, da Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social (Secis), além das coordenações locais. A nona edição registra número recorde de atividades cadastradas: mais de 20 mil de todo o país (em 2011, foram 16 mil).

Mais de mil dessas ações estão programadas para a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia no Distrito Federal (SNCT/DF). A área de mais de 33 mil metros quadrados será dividida em oito espaços temáticos: energia, tecnologia, água, biodiversidade, educação, reciclagem, segurança alimentar e espaço institucional. No total, mais de 100 expositores confirmaram participação. O público estimado para os seis dias de realização no DF é de 200 mil pessoas.

Agências e institutos- Durante a semana no Distrito Federal, em todos os estandes do módulo institucional do MCTI haverá diversas exposições, brincadeiras e muita informação e tecnologia, com a participação de órgãos, agências e institutos de pesquisa.

Quem quiser conhecer um pouco do trabalho desenvolvido pelas instituições de pesquisa ligadas ao ministério pode conferir os materiais informativos e os vídeos institucionais a serem apresentados pela Subsecretaria de Coordenação das Unidades de Pesquisa (Scup).  A área também preparou uma série de oficinas para o público da SNCT (origami, tai chi chuan, berimbau/capoeira, lacre de embalagens), com sorteio de kits com material lúdico e educativo para os participantes e palestras sobre os temas "Economia verde"; Antártida"; "História da Terra em 24h"; e "Desafios da Ciência e Tecnologia".

Já o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), apresentará, no local, uma exposição das fotos vencedoras do prêmio de fotografia Ciência e Arte. Pelo projeto, serão disponibilizadas informações e computadores com jogos sobre a temática meio ambiente e sustentabilidade; e o projeto Show de Química pretende chamar a atenção do público com demonstrações de pequenas experiências.

No estande do Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer (CTI), o público poderá conhecer o Centro Nacional de Referência de Tecnologia Assistiva (CNRT), que articula ações no campo da pesquisa, desenvolvimento e inovações na área. A Agência Espacial Brasileira (AEB) marca presença com uma programação variada. Na Exposição Virtual serão disponibilizados quatro computadores para que os visitantes possam navegar pelos produtos educacionais. Serão expostos os aplicativos: Satélites e seus Subsistemas, Maca e Astronomia: Uma Viagem Inesquecível. Quem passar pelo estande da AEB poderá ainda conferir maquetes de foguetes, vídeos e documentários sobre a área espacial e participar de propostas interativas ¿ entre elas, um quebra-cabeça da carta-imagem de Brasília e a construção e olançamento de foguetes confeccionados com garrafas pet.

No espaço do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), será possível saber como funciona o processo de monitoramento de deslizamentos, inundações, enchentes e enxurradas e a emissão de alertas no país. Com o jogo interativo Planeta em Risco, o Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia (Inpa) pretende sensibilizar e disseminar informações sobre diferentes aspectos referentes às mudanças climáticas e o papel da floresta amazônica neste nesse contexto. A atividade Brincando com a Fauna Amazônica e o Lago do Saber Amazônico propõem apresentar as diversas espécies da biodiversidade e disseminar conhecimento sobre a flora e fauna aquática do bioma amazônico. O Inpa apresenta ainda uma maquete de igarapé com insetos aquáticos de pelúcia, jogos de memória, quebra-cabeça, desenhos e filmes.

Confira a programação pelo link "Atividades cadastradas" no site da SNCT.

 

Ascom do MCTI

Tags:

publicidade

publicidade