SIGA O
Correio Braziliense

Tecnologia

O iPad diminuiu de tamanho

Apple lança versão reduzida de seu tablet para conquistar um mercado mais popular e competir com produtos de concorrentes como a Google e a Samsung. Preço, no entanto, parece desagradar investidores, e ações da empresa acentuam as perdas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 25/10/2012 08:00 / atualizado em 24/10/2012 10:10

Como sempre ocorre quando a Apple realiza um evento para apresentar suas novidades, o mundo da tecnologia voltou os olhos ontem para a Califórnia, nos Estados Unidos, ansioso para conhecer as peças que a empresa líder mundial na inovação pretende usar na briga pela preferência dos consumidores. Além de atualizações de vários produtos, como do iBook e da linha de computadores Mac Book, uma nova estrela foi anunciada, para roubar a cena: o iPad Mini, versão reduzida do famoso tablet que representa uma nova jogada da empresa da maçã para conquistar um mercado mais popular. O produto mira o consumidor que não pode, ou não quer, pagar pelo iPad tradicional.

Depois de o CEO Tim Cook anunciar os primeiros produtos, coube ao vice-presidente sênior, Philip Schille, a missão de apresentar a novidade. “Outros tentaram fazer tablets menores, mas eles falharam”, disse, em uma clara crítica às duas principais concorrentes: a Google, com seu Nexus 7, e a Samsung, criadora do Galaxy Tab, ambos aparelhos com telas de 7 polegadas. Para fazer frente aos dois, o iPad Mini será ligeiramente maior, com 7,9 polegadas, mantendo assim a mesma resolução da versão tradicional.

“Quando decidimos fazer o iPad Mini, nós queríamos manter as coisas que tornam o iPad tão mágico”, defendeu Schille. “O que você pode fazer com o iPad Mini que não pode com o iPad normal? Segurar com uma mão”, completou. O vice-presidente sênior disse ainda que a nova versão é compatível com todos os 300 mil aplicativos já existentes para a plataforma, é 53% mais leve e 23% mais fino que o original.

Tanta novidade, porém, não parece ter sido suficiente para agradar o mercado. Depois do lançamento, as ações da Apple acentuaram as perdas. De acordo com o jornal Financial Times, o motivo da queda seria o preço anunciado para o produto, mais alto do que os investidores esperavam. Nos Estados Unidos, o preço inicial da configuração básica, de 16GB, será US$ 329, US$ 60 a menos que a versão mais barata do iPad tradicional. Mesmo assim, a novidade pesará mais no bolso do que concorrentes como o Galaxy Tab, vendido pela Samsung a US$ 220.

Comparação
Acostumada a ser perseguida pela concorrência, a Apple não esconde que, desta vez, entra para brigar com produtos já lançados por outras companhias. Na tela do enorme Teatro Califórnia, em San José, durante boa parte da apresentação, não apenas o iPad Mini esteve em evidência, mas também seu concorrente Nexus 7. Numa demonstração comparativa, Schille ressaltou que a tela de seu produto deverá ser 35% maior que a do concorrente e que, devido à configuração do navegador da Apple, o Safari, a navegação será 67% maior.

O lançamento representa o primeiro descolamento da Apple do pensamento de seu criador, o guru da tecnologia Steve Jobs, morto há pouco mais de um ano. Na ocasião do lançamento do tablet, em 2010, Jobs afirmou não acreditar que o produto se adaptasse a um modelo menor que o de 9 polegadas. Agora, a criatura se liberta do criador. À revelia do que pensava o fundador do império da maçã, no próximo dia 2 de novembro, clientes de 34 países — que não incluem o Brasil — voltarão para casa com um tablet de 7,9 polegadas com a marca Apple.

Irmão menor

O popular iPad ganhou uma versão míni. Enquanto o tablet original tem 9,7 polegadas, como você confere em escala real na ilustração em azul, a novidade apresentada ontem conta com 7,9 polegadas (em rosa). O produto é o tablet mais barato produzido pela Apple

 

Especificações

Material: ao contrário do iPad tradicional, a versão Mini não é de plástico, mas de alumínio
Processador: dual core A5 1Ghz
Câmeras: FaceTime HD (na frente) e com 5 megapixels (atrás)
Versões: com wi-fi e com wi-fi e 4G
Duração da bateria: até 10 horas
Peso: 308g
Preço: depende da configuração. A mais simples (sem internet 4G e com 16GB de memória) custará US$ 329 nos Estados Unidos.
A mais avançada (internet móvel e 64GB) sairá por US$ 659

Os concorrentes

Veja os produtos de 7 polegadas disponíveis no mercado que o iPad Mini tentará desbancar

O similar Galaxy Tab

A Samsung tem sido processada pela Apple, que considera Galaxy Tab um plágio do iPad. O produto foi o que levou a empresa a investir no mercado de 7 polegadas
Sistema operacional: Ice Cream, versão 4.0 do sistema Android
Diferencial: desempenho semelhante ao iPad por um preço menor
Preço: no Brasil, é vendido por R$ 900

O potente Asus Nexus 7

O primeiro tablet criado pelo Google tem um potente processador Tegra 3 com quatro núcleos que lhe garantem um desempenho robusto
Sistema operacional: roda o Jelly Bean, a última versão do sistema Android
Diferencial: é a máquina mais potente do mercado, batendo até o iPad
Preço: nos Estados Unidos,
custa por volta de US$ 200

O ágil Kindle Fire HD

Desenvolvido pela maior loja virtual
do mundo, o tablet dá acesso
diferenciado a todos os milhões de produtos da Amazon
Sistema operacional: usa o Ice Cream,
versão 4.0 do sistema Android
Diferencial: com antena wi-fi dupla,
promete uma navegação 41% mais veloz
Preço: nos Estados Unidos,
cerca de US$ 200

O compatível Playbook do Blackberry

Uma tentativa da RIM de
reavivar seus produtos, o tablet
é um dos poucos disponíveis
ao público brasileiro
Sistema operacional: tem um
sistema próprio, o PlayBook OS
Diferencial: é compatível com
o blackberry e demais produtos da RIM
Preço: no Brasil, é vendido
por R$ 800

O popular TAB200R

Reinvestida da Philco no mercado
de tecnologia, o produto é voltado
para o público popular.
Com memória de 8GB, aceita
cartões de memória SD
Sistema operacional: Ice Cream,
versão 4.0 do Android
Diferencial: a grande vantagem é o preço, um dos mais baixos do mercado
Preço: no Brasil, custa em torno de R$ 700

Tags: