SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Acordo estimulará presença da mulher em carreiras científicas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 13/03/2013 17:44

Em comemoração ao mês da mulher, a presidenta da República, Dilma Rousseff, lançou nesta quarta-feira, 13, uma série de ações voltadas para o público feminino. O programa Mulher: Viver sem Violência, idealizado pela Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) da Presidência da República, propõe, aos governos estaduais, estratégias para melhoria e mais rapidez no atendimento às vítimas da violência de gênero. Durante a cerimônia, também foi assinado um acordo de cooperação entre o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, com os ministros da SPM, Eleonora Menicucci; da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp, e os presidentes da Petrobras, Maria das Graças Foster, e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Glaucius Oliva. Com ação voltada a estudantes do ensino médio, a medida visa estimular a presença feminina em carreiras científicas por meio do financiamento de 250 projetos. Até o final de 2014, serão investidos R$ 12 milhões em chamadas públicas e feira de projetos de iniciação científica e tecnológica. A presidenta ressaltou que as ações do governo federal visam atingir a tolerância zero com a violência praticada contra a mulher. “Ter tolerância zero significa combater e erradicar todas as formas de violência. Desde aquelas que são mais abjetas, como a violência doméstica, o estupro, o assassinato ou o tráfico sexual. Até outras com conteúdos mais disfarçados, porém igualmente dolorosos e inadmissíveis, como a discriminação no trabalho, no salário, educação discriminatória, a falta de oportunidades e sobretudo a baixa estima decorrente da violência”, defendeu Dilma em seu discurso. Compromisso – Durante a cerimônia de lançamento do programa Mulher: Viver sem Violência, a presidenta Dilma Rousseff assinou decreto que institui o Plano Nacional de Políticas para as Mulheres 2013-2015 (PNPM). O documento é formado por dez capítulos temáticos, 103 metas e 415 ações, dentre as quais propostas debatidas com a sociedade civil na 3ª Conferência Nacional de Políticas para as Mulheres, realizada em novembro de 2011.

publicidade

publicidade