SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Academias podem ser obrigadas a colocar alerta sobre uso de anabolizantes

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/04/2013 19:49 / atualizado em 26/04/2013 19:52

Agência Câmara

A Câmara analisa a proposta de obrigar as academias de ginástica e estabelecimentos esportivos a colocar placas de advertências sobre as más consequências do uso indiscriminado de anabolizantes e as penas a que estão sujeitos aqueles que comercializarem ilegalmente as substâncias.

A Comissão de Seguridade Social e Família aprovou a proposta na forma do substitutivo do deputado Eleuses Paiva, do Democratas de São Paulo. De acordo com o relator, é importante que as pessoas sejam informadas dos riscos a que está sujeita sua saúde nos lugares onde ela está mais sujeita a ser atraída pelas promessas de benefícios rápidos.

"Em academias, existe uma cultura do físico e as pessoas tendem a usar esses esteroides porque existe um ganho de massa muscular e, proporcionalmente, uma perda de gordura. Então, principalmente os jovens, acreditam que, tomando esses esteroides, vão ficar mais fortes, vão cultuar melhor o seu físico."

Médico, Eleuses Paiva afirma que hoje está clara a ligação do consumo dos esteroides anabolizantes com tumores de fígado e pâncreas e danos à sexualidade do indivíduo. Integrante da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, o médico Alexandre Hohl diz que os problemas podem ser ainda maiores para as mulheres, já que essas substâncias têm concentração de testosterona, um hormônio masculino, em concentrações 20 a 30 vezes maior do que a presente em homens. Ele explicou que os danos se agravam proporcionalmente à quantidade de vezes que a pessoa repete o ciclo de uso dos medicamentos.

Alexandre Hohl não acredita que a sinalização das academias possa combater o uso de anabolizantes. Ele afirmou que é preciso fiscalizar o cumprimento da lei que proíbe sua venda sem receita médica e fora de farmácias. Mas ele alerta que é importante desmistificar a ideia de que os benefícios dos anabolizantes são maiores do que os possíveis danos.

"Os benefícios são muito pequenos perto dos grandes malefícios que ocorrem. A gente que trabalha com isso, nos hospitais a gente vê os pacientes internados. Os efeitos colaterais são evidentes e, muitas vezes, podem ser graves a ponto de ser muitas vezes fatal."

Caso seja aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça, a proposta que exige que academias de ginástica e estabelecimentos esportivos coloquem placas de advertência sobre as consequências do uso indiscriminado de anabolizantes segue para análise do Senado.
Tags:

publicidade

publicidade