SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Jovens ao encontro do papa

A Arquidiocese de Brasília confirma a participação de 3,5 mil brasilienses na Jornada Mundial da Juventude. Pela primeira vez, o país sedia o congresso católico, no Rio de Janeiro, com a presença inédita de um pontífice latino

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 03/05/2013 18:00 / atualizado em 03/05/2013 11:16

Mariana Laboissière

Wallace Martins
Contagem regressiva para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2013, maior evento de jovens católicos do mundo. Faltam menos de três meses para o encontro internacional, a ser realizado entre 23 e 28 de julho, no Rio de Janeiro. Em 28 edições, esta será a primeira vez do Brasil como país sede. Na ocasião, rapazes e moças de diferentes partes do globo ficarão mais próximos do papa Francisco — primeiro latino-americano a ocupar o cargo mais alto da Igreja.

No Distrito Federal, a mobilização é grande desde o ano passado, quando os preparativos para a viagem começaram em algumas comunidades católicas. Até o momento, a Arquidiocese de Brasília confirma a participação de 70 grupos de 50 paróquias no DF — dentro de um universo das 131 existentes. A estimativa é de que, no mínimo, 3,5 mil candangos tenham se inscrito, sem contar os 600 voluntários já selecionados.

A última edição da Jornada ocorreu em agosto de 2011, em Madri, para onde se dirigiram 2 milhões de pessoas de mais de 190 países. Neste ano, a expectativa dos organizadores é de bater essa marca, com um público de 2,5 milhões. Até o fim de abril, aproximadamente 200 mil devotos de 163 nacionalidades e cinco continentes tinham feito a inscrição. Desse total, 60% são brasileiros; 20%, latinos; e os outros 20%, do restante do mundo (veja Adesão).

Neste ano, o tema escolhido é Ide e fazei discípulos em todas as nações. Na programação, a primeira grande cerimônia ficará a cargo do arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, em 23 de julho, na Praia de Copacabana. No dia 25, ocorrerá uma celebração para acolhimento do papa Francisco e, no dia 26, a via-sacra. Na sequência, em 27 de julho, a vigília com o pontífice reunirá os peregrinos em uma noite de oração e, no último dia, haverá uma missa, em que será anunciada a próxima cidade sede do evento.

Intercâmbio

Mais de 120 pessoas da Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe, localizada na 311/312 Sul, estão com as passagens compradas para a jornada católica no Rio. Elas fazem parte do Movimento Regnum Christi, coordenado pela publicitária Priscila Alvim, de 30 anos. Segundo ela, alguns integrantes vão partir rumo à Cidade Maravilhosa em 19 de julho, enquanto outros, apenas um dia antes.

Eles planejam atuar em todas as atividades da JMJ, que inclui catequese, feira educacional, missas, vigílias e apresentações culturais. Priscila vai pela segunda vez ao congresso, definido como um momento de unidade da Igreja Católica. “Trocamos experiências com jovens do mundo inteiro. É um acontecimento muito especial, vamos acolher o papa e ouvir os ensinamentos dele”, resumiu.

Na terça-feira, uma turma reuniu-se com objetivo de acertar os últimos detalhes da viagem. A arquiteta Ana Carolina Vieira, de 30 anos, integrará a turma pela terceira vez. Já a estudante Patrícia Barbosa, de 24, terá a segunda experiência. Ambas confirmam que a mobilização na capital do Brasil é grande e destacam uma característica especial da cidade. “Aqui, temos vida paroquial, isso é, são muitos os grupos de jovens”, explicou Ana Carolina. “Temos vários encontros, sabemos o que está acontecendo na Igreja e isso acaba estimulando a nossa participação”, completou Patrícia.

Segundo o assessor do setor de Juventude da Arquidiocese de Brasília, padre João Firmino, diversos eventos são promovidos na capital para antecipar a Jornada Mundial. A Semana Missionária, de 15 a 20 de julho, é um deles. “Haverá diversas ações, e a presença dos jovens vem crescendo cada vez mais”, mencionou.

Segundo ele, o fato de o Rio ter sido eleito a cidade sede do evento fez com que mais rapazes e moças católicos se envolvessem nas celebrações. “As despesas são menores, e as distâncias, também. Agora, não é necessário tirar passaporte, então, tudo isso faz com que o número de participantes seja maior” concluiu.

Adesão

Lista de países com mais inscritos para a JML 2013

1° lugar      Brasil
2° lugar      Argentina
3° lugar      Estados Unidos
4° lugar      França
5° lugar      Venezuela
6°lugar      Itália
7° lugar      Chile
8° lugar      Equador
9° lugar      Paraguai
10° lugar      Peru

Inscrições

Os interessados em participar da JMJ 2013, no Rio de Janeiro,
de 23 a 28 de julho, ainda podem se inscrever. Basta
acessar a página oficial do evento, o site www.rio2013.com.
São sete modalidades de cadastro, com preços que variam
de R$ 106 a R$ 608.
Tags:

publicidade

publicidade